Neil Gaiman relembra passagem pelo Brasil em painel da CCXP 2020

Autor elogiou as edições brasileiras dos títulos que escreveu

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Neil Gaiman relembra passagem pelo Brasil em painel da CCXP 2020

Neil Gaiman foi o homenageado do ano na CCXP Worlds, a versão online da CCXP 2020, e seu painel abriu a programação desta sexta-feira (4).

Durante a conversa, o autor falou sobre a sua relação com Brasil. Para ele, o país já é fã do seu trabalho antes mesmo de Sandman ser lançado, em 1989.

Gaiman explicou que a DC Comics mandava as edições brasileiras de seus quadrinhos para a sua análise e, segundo ele, elas era melhores que as americanas. “As versões tinham mais detalhes das artes, artigos que explicavam e expandiam a história”, contou.

O autor relembrou também das suas passagens pelo Brasil, como a primeira, em 1998. “Eu fui muito bem recebido e estava um lugar no qual eu queria estar. Fiquei animado de estar aí.”

Neil Gaiman disse que voltou em 2002, quando esteve na Bienal do Rio de Janeiro e também passou por São Paulo. O escritor relembrou que havia muita gente a sua espera, com filas de mais de mil pessoas, e também que a sua voz não aguentou todo o período da vigem. “Fiquei sem voz”, recordou.

A CCXP 2020, também chamada de CCXP Worlds, acontecerá entre os dias 4 e 6 de dezembro, adotando o formato online para esta edição. Confira a programação aqui.

Mais notícias