Novo live-action do He-Man vai abraçar lado “colorido e maluco” da franquia, diz diretor

Filme da Netflix terá Kyle Allen, de American Horror Story, como o herói de Etérnia

Pedro Siqueira Publicado por Pedro Siqueira
Novo live-action do He-Man vai abraçar lado “colorido e maluco” da franquia, diz diretor

Um novo filme em live-action do He-Man e os Mestres do Universo vem aí pela Netflix e, pelas palavras dos diretores, deve ser uma adaptação mais fiel e divertida da franquia clássica dos anos 1980. Em entrevista ao CBR, Aaron e Adam Nee antecipam que o longa não vai mudar a história para um tom sério e sombrio, mas sim abraçar a história “maluca e selvagem” dos personagens dos brinquedos e animações.

Aaron Nee diz:

“Uma coisa importante para nós foi não ter vergonha de admitir que é uma franquia maluca, selvagem. Esses personagens são coloridos, bizarros e esquisitos. Não queríamos tentar baixar o tom disso ou transformar a história em um Senhor dos Anéis, mudando o nome de todo mundo. Mas sim abraçar aquilo que é tão único e especial sobre a história…”

Esta será a segunda adaptação de He-Man com atores de carne e osso, mais de 30 anos após Os Mestres do Universo (1987), que tinha Dolph Lundgren (Rocky IV) no papel principal. O filme mostrava o personagem na Terra, em vez de aventuras na terra mágica de Etérnia e foi um fracasso de bilheteria.

O novo He-Man ainda não tem data de estreia e deve adaptar a história do desenho clássico dos anos 1980. Kyle Allen (American Horror Story) está escalado como protagonista.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1