Ghostbusters: Mais Além salvou franquia após reboot, diz CEO da Sony

Continuação do clássico dos anos 1980 trouxe personagens originais de volta

Pedro Siqueira Publicado por Pedro Siqueira
Ghostbusters: Mais Além salvou franquia após reboot, diz CEO da Sony

O CEO da Sony Pictures, Tom Rothman, afirmou que Ghostbusters: Mais Além, quarta aventura da série iniciada nos anos 1980, ressuscitou a franquia após o reboot lançado em 2016. O filme estreou em 2021 e trouxe de volta Bill Murray, Dan Aykroyd e Ernie Hudson como os Caça-Fantasmas originais.

Falando ao Deadline (via ScreenRant), Rothman repassou detalhes de sua chegada ao comando da Sony. Sobre os filmes, ele diz:

“Quando assumi a Sony, dizia-se que não tínhamos propriedades intelectuais. Isso não é verdade, pois temos coisas fantásticas, só precisávamos focar nisso. Temos Jumanji, Bad Boys, Uncharted… Caça-Fantasmas, por exemplo. Um pouco antes de eu chegar, tentaram seguir por um caminho que não deu muito certo. Mas graças ao Jason Reitman [diretor de Mais Além] e a relação dele com o Ivan [Reitman, pai de Jason e diretor do filme original], conseguimos ressuscitar a série com um sucesso tremendo.”

O executivo se refere ao reboot Caça-Fantasmas, que trouxe comediantes como Melissa McCarthy e Kate McKinnon como uma nova geração de heroínas.

Ghostbusters: Mais Além teve Finn Wolfhard (Stranger Things) e Mckenna Grace como os netos de Egon Spengler (Harold Ramis), membro do grupo antigo. O elenco adulto tem Carrie Coon (The Leftovers) e Paul Rudd.

O longa deve ganhar uma sequência, ainda sem data de estreia.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1