Estúdio de Fate/Zero e Demon Slayer deve 400 milhões de ienes em imposto, diz investigação

Ufotable é considerado por muitos como um dos melhores estúdios de anime, no Japão

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
Estúdio de Fate/Zero e Demon Slayer deve 400 milhões de ienes em imposto, diz investigação

A revista digital Bunshun revelou recentemente que uma investigação, que está sendo feita desde 12 de março deste ano, levantou que o estúdio Ufotable é culpado por sonegação de imposto e está com uma dívida de 400 milhões de ienes, quase R$ 14 milhões na cotação de hoje (16/04).

Segundo as autoridades, a investigação também apontou que o estúdio é suspeito de desviar dinheiro de um fundo de caridade que foi criado para ajudar as vítimas do tsunami de Touhoku, em 2011. Se for comprovado a violação do código penal, isso vai gerar uma pena de prisão de até 10 anos.

O presidente e fundador do estúdio, Hikaru Kondo, se trancou em casa e se manifestou apenas por seus advogados por vários dias enquanto a investigação acontecia. Parece que ele já voltou a trabalhar normalmente no estúdio da empresa, que fica em Tóquio.

O Ufotable é considerado por muitos como um dos melhores estúdios japoneses de animes, que ficou conhecido por Fate/ZeroKatsugeki: Touken Ranbun. Atualmente, está produzindo a animação japonesa de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba.

Os episódios do anime mais recente do Ufotable, Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba, estão sendo disponibilizados pelo Crunchyroll.

Mais notícias