Dragon Ball Super: Broly deve ter uma luta em local surreal

A equipe falou sobre o uso de computação gráfica no filme

Jefferson Sato Publicado por Jefferson Sato
Dragon Ball Super: Broly deve ter uma luta em local surreal

Como já foi possível ver no trailer, Dragon Ball Super: Broly deve contar com algumas cenas de luta feitas com computação gráfica. Agora, em uma nova atualização no site oficial, a equipe do filme falou mais sobre o uso de CG (via @Herms98).

Uma das informações mais curiosas é que não apenas os personagens, mas até mesmo alguns cenários farão uso do CG. Uma luta, em particular, que deve se destacar no filme, acontece em um local que “não existe na realidade”, sugerindo um ambiente surreal, como se fosse uma dimensão paralela. Segundo a equipe, este lugar não poderia ser feito se não fosse com computação gráfica.

De acordo com os produtores, trabalhos anteriores foram usados de referências, mas eles querem fazer uma computação gráfica o mais próxima possível do anime, dizendo que querem até mesmo superar o que foi feito no jogo Dragon Ball FighterZ. Para isso, o animador Naohiro Shintani e, pela primeira vez, o próprio autor, Akira Toriyama, têm supervisionado o CG com correções.

Confira duas novas imagens dos bastidores:

O filme se passa após o Torneio do Poder e o criador da série, Akira Toriyama, revelou que o filme deve ser focado na origem do poder dos Saiyajins. A história mostrará Broly, um Saiyajin desconhecido, que aparece diante de Goku e Vegeta, iniciando uma intensa batalha dos três indivíduos com caminhos diferentes que finalmente se encontraram. Confira o primeiro trailer aqui.

O roteiro foi escrito pelo próprio Akira Toriyama, enquanto o design de personagens fica nas mãos de Naohiro Shintani, que substitui Tadayoshi Yamamuro, responsável pelo anime de Dragon Ball Super e pelo jogo Super Dragon Ball Heroes.

Dragon Ball Super: Broly está previsto para estrear em 14 de dezembro, no Japão. No Brasil, o filme chegará em janeiro de 2019 no Brasil.