Artista brasileiro cria modalidades da Olimpíada da Quarentena

Nessas categorias, todos nós teríamos uma chance

Marina Val Publicado por Marina Val
Artista brasileiro cria modalidades da Olimpíada da Quarentena

Daniel Kondo, ilustrador gaúcho que foi finalista do prêmio Jabuti, acaba de criar modalidades olímpicas de brincadeira com as quais todos nós podemos nos identificar (e até competir), independente do nível de preparo físico.

Na série “Olimpíada da Quarentena”, o artista imagina diversas categorias cotidianas que mereciam um prêmio, como maratona de série, faxina rítmica, tretando nas redes sociais, marcha com o celular e levantamento de taça.

Em entrevista ao Nerdbunker, Kondo explicou o que o inspirou a fazer a série:

“A ideia surgiu a a partir de uma reflexão sobre todos os atletas que participaram de seletivas e não puderam obter o índice olímpico. Aí pensei: somos todos atletas também. Atletas da sobrevivência em tempo de pandemia. Mas como representar visualmente essa situação? Aí, assisti a um vídeo no YouTube de como foram criados os pictogramas e tive o insight de tornar as atividades cotidianas em esportes olímpicos.”

Confira abaixo alguns exemplos ou veja todas as categorias no Instagram do Artista:

Entre os livros ilustrados por Daniel Kondo estão Monstros do Cinema e Surfando na Marquise, este último foi um dos indicados ao prêmio Jabuti.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1