The Wicked + The Divine coloca deuses no nosso mundo, mas eles estão prestes a morrer

Uma HQ repleta de referências à cultura pop e temas atuais no #30dias30dicas

Marina Val Publicado por Marina Val
The Wicked + The Divine coloca deuses no nosso mundo, mas eles estão prestes a morrer

A cada 90 anos, 12 deuses reencarnam como humanos. Eles são amados, odiados, temidos, cultuados como estrelas do pop e detentores de poderes indescritíveis. Em dois anos, todos estarão mortos. Essa é a premissa de The Wicked + The Divine.

A história é narrada por Laura, uma jovem fangirl do panteão que, assim como qualquer um de nós, quer saber mais sobre seus ídolos e vai em shows e convenções para vê-los mais de perto. Na sua fascinação e na ânsia por ser reconhecida como alguém especial, ela acaba se envolvendo até demais e descobrindo que os deuses não são nada santos.

Apesar de a história inicialmente ter similaridades com outras obras que envolvem seres superpoderosos, como American Gods, The Boys, ou mesmo quadrinhos clássicos de super-heróis, a HQ de Kieron Gillen e Jamie McKelvie — que trabalharam juntos anteriormente em Young Avengers — tem características que a tornam mais atual. Ao trazerem os deuses para um plano mais terreno, mostrando suas vulnerabilidades e a maneira que lidam com a fama em uma era de hiperconectividade e redes sociais, eles fazem o leitor imaginar que a trama poderia estar acontecendo agora mesmo.

Os conflitos não são apenas internos. Alguns humanos mais céticos questionam se essas tais divindades não são apenas golpistas tentando lucrar em cima de fãs mais ingênuos, enquanto outros cedem à inveja, às fofocas de tabloides e teorias da conspiração. Enquanto isso, uma grande ameaça se torna cada vez mais real nos bastidores.

A arte deslumbrante de McKelvie deixa bem clara algumas referências à cultura pop no visual dos personagens, que trazem homenagens a David Bowie, Kanye West, Prince, Florence Welch e muitos outros.

The Wicked + The Divine foi publicada entre 2014 e 2019 nos Estados Unidos e está atualmente sendo lançada no Brasil em volumes encadernados pela Geektopia. A HQ foi vencedora do British Comic Awards de 2014 e indicada a três categorias do Eisner Awards em 2015 e uma em 2018.


Esta é a décima primeira dica do projeto da redação do NerdBunker#30Dias30Dicas. Durante trinta dias vamos publicar uma dica por dia aqui no site e em nossas redes sociais. TwitterInstagram e Facebook. A ideia é mostrar um pouco mais do que estamos consumindo por aqui: livros, animes, séries, filmes, etc. E ajudar o leitor nessa batalha que é encontrar algo legal no meio de tanta oferta.

E temos outras dicas no ar. Só escolher e clicar no nome abaixo e conferir!

  1. Dorohedoro (anime)
  2. The Arcana (jogo)
  3. Upload (série)
  4. I Am Not Okay With This (série)
  5. Floresta dos Medos (HQ)
  6. Undertale (jogo)
  7. O Sorriso da Hiena (livro)
  8. Um Lugar Chamado Notting Hill (filme)
  9. Haikyuu!! (anime)
  10. Bloodborne (jogo)