Cofundadores do Instagram admitem que Stories foram criados para rivalizar com Snapchat

Em painel no SXSW, ex-funcionários do Facebook dizem que eles darem aos usuários o que eles queriam

João Abbade Publicado por João Abbade
Cofundadores do Instagram admitem que Stories foram criados para rivalizar com Snapchat

Os cofundadores do Instagram admitiram que a implementação de recursos idênticos ao do Snapchat foram feitas para dar aos usuários “o que eles queriam”. Em painel realizado na segunda (11), no South by Southwest (SXSW)Kevin Systrom e Mike Krieger (que se demitiram recentemente da empresa) admitiram que a instalação dos stories foram feitas para minar a audiência do Snap.

Systrom afirmou que pesquisas internas mostravam um êxodo de grande parte dos usuários para os stories no Snapchat. Só depois de ver os stories na outra plataforma, é que os usuários voltavam a rolar a timeline do Instagram — criando assim um movimento pendular entre as redes rivais. “Era muito claro para a gente que as pessoas estavam criando uma ponte entre os dois produtos. Então, demos ao público o que eles queriam”.

O que as pessoas queriam (sem saber que queriam) era uma forma de compartilhar fatos e links de forma rápida, sem se preocupar com a vida útil da publicação — já que a mesma seria deletada automaticamente após 24 horas.

O que eles queriam era uma forma de enaltecer momentos autênticos e publicações atuais da vida. Em outras palavras, elas queriam o Instagram Stories. (…) Por muito tempo, o link no perfil das pessoas no Instagram eram seus perfis no Snapchat.

O Snapchat foi lançado em 2003, enquanto o Stories do Instagram só chegou a plataforma em 2016 — dando as pessoas o que elas queriam na visão de Systrom. Por muito tempo, a rede social do Facebook foi criticada por copiar funcionalidades de outras empresa. Mas o cofundador afirma que a a estratégia acabou dando certo, já que no fim de 2017 os Stories tinham mais de 200 milhões de usuários diários — um número bem maior que a base diária do Snapchat.

Os stories, inclusive, se tornaram parte maior da estratégia do Facebook como empresa. Tanto é que podemos ver a funcionalidade integrado no WhatsApp com o Status e no próprio Facebook com o Stories.