Arcade Sega Ikebukuro Gigo fecha as portas após 28 anos de funcionamento

Arcades passam por crise no Japão

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko

O Sega Ikebukuro Gigo, arcade que funcionou por 28 anos, fechou as portas em 20 de setembro de 2021.

Uma cerimônia de despedida foi realizada, com a presença do gerente e de fãs do local. Em discurso, o gerente explicou que o encerramento das atividades foi decidido por conta do fim de um contrato de concessão do prédio, além de planos de renovação para a própria estrutura da construção.

Inaugurado em 1993, o prédio de nove andares fica localizado em Ikebukuro, bairro de Tóquio, no Japão. Anteriormente conhecido apenas como Ikebukuro Gigo, o local abrigava uma infinidade de máquinas arcade dos mais variados tipos, separados por andar.

No vídeo abaixo, é possível ver como o local era por dentro:

Ainda há outros arcades em funcionamento, como é o caso dos localizados na região de Akihabara, também em Tóquio, mas o número de estabelecimentos do tipo vem caindo drasticamente nos últimos anos.

As grandes lojas, como a de Ikebukuro, costumam abrigar todo tipo de máquina, como aquelas em que a pessoa tenta pegar um prêmio usando uma garra; máquinas de dança como Dance Dance Revolution ou Pump it Up; arcades de ritmo com grupos de idols como Love Live e outras franquias de sucesso; e até mesmo os clássicos jogos de luta.

Ainda que o movimento deste tipo de local não estivesse em seu pico nos últimos anos, restrições impostas por conta da pandemia de COVID-19 tornaram o cenário ainda pior para este tipo de empreendimento.

Em novembro de 2020, a Sega vendeu 85% das ações do braço que cuida deste tipo de empreendimento para outra empresa, Genda, alegando que as perdas por conta da COVID-19 foram “extraordinárias”.

Com informações do Kotaku.

Mais notícias