Jovem Nerd

BIG Festival 2016 | 10 jogos independentes que valem a pena

Nesse último fim de semana começou no Centro Cultural de São Paulo, o Brazil’s Independent Games Festival – o BIG Festival. No evento há a exposição, com cerca de 40 jogos, concorrem a diversas categorias de premiação: todos abertos ao público e de graça.

Os jogos expostos são de diferentes países, como Argentina, Polônia, Suécia e, claro, Brasil. Eles também são bem variados, focados no multiplayer, outros de puzzles e tem aqueles mais experimentais. Nós do Jovem Nerd News demos uma passada por lá e separamos aqui 10 deles que com certeza vão valer o seu tempo.

Horizon Chase (Aquiris Game Studio – Brasil)

Concorrendo a Melhor Gameplay, Melhor Jogo e Melhor Jogo Brasileiro.

Esse é o jogo para matar toda a saudade daqueles que passavam horas com Top Gear no Super Nintendo. Horizon Chase é considerado o sucessor espiritual do clássico jogo de corrida, mas apesar da jogabilidade parecida, consegue também ter um charme próprio, principalmente em seu visual.

Para aumentar ainda mais o sentimento nostálgico, Horizon Chase também conta com uma trilha sonora feita pelo compositor original do Top Gear, Barry Leitch.

Screencheat (Samurai Punk – Austrália)

Concorrendo a Melhor Jogo com Inovação.

Quem aí nunca espiou onde o outro jogador estava enquanto jogava algum multiplayer com tela dividida? Screencheat pega essa velha tática e a usa como o principal elemento de sua jogabilidade, já que cada personagem está invisível para o outro e a única maneira de ganhar é vendo a tela de cada um e deduzir onde eles estão no mapa.

Com essa ideia simples, Screencheat foi uma das sensações do Big Festival nos primeiros dias e sempre juntava várias pessoas para jogar.

My Night Job (Webcore Games – Brasil)

Concorrendo a Melhor Gameplay e Melhor Jogo Brasileiro.

O objetivo do jogo é entrar em uma mansão infestada de zumbis e salvar o máximo de sobreviventes que estão sendo atacados. Para isso, o jogador usa de qualquer item que achar no lugar, pode ser um violão, um vaso de planta, uma estátua ou mesmo os punhos.

My Nighty Job pode te deixar tenso
My Nighty Job pode te deixar tenso.

Apesar da temática de zumbi não chamar mais tanta a atenção, My Night Job usar isso bem ao misturar alguns elementos de beat ‘em up com jogos de sobrevivência.

Superhot (Superhot team – Polônia)

Concorrendo a Melhor Arte, Gameplay, Inovação, Som e Melhor Jogo.

Talvez o mais famoso dos jogos expostos no BIG desse ano, Superhot é um game que usa a mecânica de jogos de tiro para criar fases cheias de estratégia e puzzles. Tudo isso por ter uma ideia bem simples: o tempo só corre quando você se movimenta.

Apesar de Superhot já ter sido lançado, essa é uma ótima oportunidade para jogar de graça um dos jogos mais originais e divertidos dos últimos tempos.

Confira também: o Review de Superhot e o NerdPlayer do game.

Tricky Towers (WeidBeard – Holanda)

Concorrendo a Melhor Gameplay.

Imagine um modo multiplayer de Tetris, só que em vez de usar as icônicas peças para eliminar os blocos, o objetivo é justamente o contrário: formar torres. O desafio, então, fica em saber amontoar as peças para elas não caírem, fazendo você começar tudo de novo. Vence quer fizer a torre chegar no teto.

Mais um jogo multiplayer que chamou bastante atenção nos primeiros dias do BIG, sempre com muita gente em volta para jogar.

Skytorn (Skytorn Team – Brasil)

Concorrendo a Melhor Som e Melhor Jogo Brasileiro.

Skytorn é ideal para aqueles que sentem falta de jogos de exploração 2D. Ele tem um clima de Super Metroid, mas com um ritmo mais acelerado e com ótimos controles dos personagens.

A principal característica do jogo é o mapa ser gerado proceduralmente, o que significa que o jogador não vai encontrar o mesmo cenário se jogar duas vezes, o que cria uma nova experiência de jogo.

Skytorn também chama a atenção pelo envolvimento dos criadores do excelente Towerfall, incluindo aí a dupla brasileira Pedro Medeiros e Amora Bettany.

Skytorn_760
A arte de Skytorn já impressiona nos primeiros minutos

Late Shift (CtrlMovie – Suíça)

Concorrendo a Melhor Narrativa.

Muito mais um filme interativo do que um jogo propriamente dito, Late Shift é interessante por justamente ser uma experimentação entre essas duas mídias.

Aqui, enquanto assistimos a um filme comum, somos colocados, de tempo em tempos, com pequenas escolhas que podem mudar completamente o rumo que a história vai seguir. Sim, jogos como Heavy Rain já fizeram isso, mas Late Shift usa mais do formato audiovisual do cinema para entregar a experiência e algumas das decisões realmente mudam a narrativa, já que as duas vezes em que joguei se mostraram bem diferentes.

Dandara (Long Hat House – Brasil)

Concorrendo a Melhor Jogo Brasileiro.

Uma das surpresas mais agradáveis do BIG desse ano, Dandara tem um visual excelente, uma trilha sonora incrível e uma mecânica simples, mas eficaz, para entregar uma ótima experiência de jogo mobile.

No jogo, com um lado da tela de toque nos movimentamos para o chão ou para o teto e do outro lado disparamos flechas contra os inimigos. Os desafios são essencialmente de plataforma, mas com certos elementos de exploração.

Inversus (Hypersect – EUA)

Concorrendo a Melhor Jogo com Inovação.

Dados preto em cenários brancos ou dados brancos em cenários pretos. Eles só se movimentam em blocos da cor oposta e precisam derrotar os adversários, sejam eles IA ou outros jogadores, com tiros.

Esse jogo de ação estratégico é um pouco complicado de descrever, mas é só ver um vídeo para pegar qual é a do jogo.

O que dá pra afirmar é que Inversus é realmente divertido, principalmente em partidas multiplayer e era um games mais jogados e que aglomerava gente nos primeiros dias do BIG Festival.

Moira (Onagro Studios – Brasil)

Concorrendo a Melhor Jogo Brasileiro.

Um divertido e simpático jogo de aventura que pega emprestado elementos dos jogos da série Mega Man (roubar os poderes dos inimigos) e adiciona a nostalgia do visual preto e branco do Game Boy, Moira já se mostra um game para ficar de olho no futuro.

Ah, não se engane também pelo visual simples, porque é só começa a jogar para perceber que você vai querer jogar mais e mais de Moira.

BIG já encheu nos primeiros dias
BIG já encheu nos primeiros dias

Lembrando que todos esses jogos e mais outros podem ser jogados de graça no BIG Festival. A exposição vai continuar a partir desta terça-feira (28) até domingo (3), das das 10h às 22h nos dias se semana e das 14h às 22h no fim de semana. No Centro Cultural de São Paulo.

Lista de atalhos

Acesso rápido

Controles do player