Westworld | Assistimos ao primeiro episódio do terceiro ano

Terceira temporada leva a série para além dos parques e anfitriões

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Westworld | Assistimos ao primeiro episódio do terceiro ano

Westworld é uma daquelas produções que o público não sabe o que esperar. Quando ela foi lançada, em 2016, parecia contar apenas a história de um parque temático ambientado no velho oeste americano e habitado por robôs, mas em pouco tempo a produção mostrou que essa estava longe de ser a verdadeira premissa da série. Agora, com a estreia de sua terceira temporada, o título da HBO prova novamente que o seu mote principal vai muito além do que imaginaríamos.

Grandes reviravoltas, revelações inesperadas e diferentes linhas do tempo se tornaram elementos normais durante a trama, causando dificuldade para entender a série de modo orgânico. Acompanhar Westworld sempre exigiu uma atenção maior do espectador e, justamente por estar com o olhar treinado para identificar todas as nuances da produção que, ao assistir ao primeiro episódio da terceira temporada, a sensação é de estranhamento ao se deparar com uma série mais linear e fora dos complexos dos parques.

No começo desta nova leva de episódios, Westworld muda de vez os seus cenários e somos apresentados a uma neo-Los Angeles, com tecnologias extremamente avançadas e visual futurista. E esse é um dos motivos principais de termos a impressão de que algo está muito diferente na série: a produção saiu do parque e das salas de comando da Delos. O primeiro episódio se passa inteiro no mundo real (pelo menos é o que ele deixa a entender).

O novo capítulo mostra alguns dos personagens que sobreviveram ao final do segundo ano e nos situa do paradeiro de Bernard Lowe, da versão anfitriã de Charlotte Hale e, é claro Dolores Abernathy, que acaba dividindo a maior parte do episódio com o recém-chegado à série Caleb Nichols, vivido por Aaron Paul.

É por meio deste novo personagem que somos conduzidos pelo mundo real, fora dos parques da Delos. A humanidade dispõe de tecnologia de ponta, mas ainda enfrenta grandes diferenças de classes sociais. Caleb precisa de dinheiro para pagar o tratamento de sua mãe, mas não consegue arranjar um emprego que cubra os custos por causa de uma espécie de sistema de pontos que direciona a vida das pessoas.

Assim, Westworld tem se aproximado de Black Mirror, pois o mundo retratado na produção da HBO se torna cada vez mais distópico. Se até então nos foi apresentada a realidade das pessoas ricas que frequentavam os parques temáticos, agora há também a vida das pessoas pobres, que perderam os seus lugares para robôs em seus empregos e carecem de cuidados básicos. Ao que tudo indica, a nova temporada, assim como a antologia de Charlie Brooker, também tratará do impacto da tecnologia nas relações humanas.

O clima de mistério não abandonou a série, mas agora a curiosidade do público é aguçada de outro jeito, principalmente por meio de Caleb. Por ser um humano, as questões que envolvem o personagem surgem de maneira mais simples, como o seu passado e o grande trauma que ele carrega consigo – nada revelado até então, claro. O trailer da nova temporada já nos mostrou que ele trabalhará ao lado de Dolores e que ambos tentarão alcançar o objetivo da anfitriã. Quanto aos antigos mistérios, herança das temporadas passadas, nada foi revelado e nem explicado. Vale pontuar que há uma cena pós-créditos, mas ela acaba bagunçando ainda mais o entendimento do espectador sobre o que está acontecendo.

Ao voltar para a terceira temporada com um cenário completamente diferente, Westworld prova que vai além de apenas parques e anfitriões. A produção parece querer discutir ainda mais sobre inteligência artificial, ética e humanidade, e indica que fará bastante isso durante o seu novo ano. Porém, não podemos esquecer que estamos falando de uma série na qual tudo muda de uma hora para a outra e que nada é o que realmente parece ser. Vamos esperar para ver o que nos espera para além dos portões do parque.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1