Watchmen | Damon Lindelof fala sobre a grande revelação do sétimo episódio

O criador da série explica que a inserção de personagem importante "nasceu quase imediatamente"

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Watchmen | Damon Lindelof fala sobre a grande revelação do sétimo episódio

O sétimo episódio de Watchmen, o “An Almost Religious Awe”, foi exibido no último domingo (1) na HBO, e trouxe uma das maiores revelações da série até o momento.

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, Damon Lindelof, o criador da produção, falou sobre a questão respondida no último capítulo e explicou sobre as decisões que levaram a ela.

[AVISO: O texto abaixo contém SPOILERS de Watchmen]

Ao final do último episódio de Watchmen, é revelado que o Dr. Manhattan não está mais em Marte e, na verdade, ele era Cal, o marido de Angela Bar, o tempo todo.

Lindelof falou então como foi a decisão de colocar o personagem como par de Sister Night.

“Quando nós decidimos que Angela Abar seria o centro da série, qualquer outro personagem teria que estar a serviço de sua história. Ela seria o sol e todos precisariam orbitar ao redor dela. Então, como Dr. Manhattan, um homem com o poder de Deus, poderia estar a serviço de Angela ao invés do contrário? Baseado no passado do personagem, a resposta era intuitiva… o amor.”

O criador explicou também que a ideia de colocar Cal como uma espécie de “receptáculo” para o Dr. Manhattan nasceu cedo, ainda no período de desenvolvimento da série.

“Sabíamos que essa relação só poderia funcionar se Manhattan tomasse a forma de um humano, então assim nasceu a ideia de Cal. Sim, veio muito cedo. Quase imediatamente.”

Faltam apenas dois episódios para a série da HBO chegar ao final e ainda há muitos perguntas a serem respondidas.

O oitavo capítulo “A God Walks Into A Bar” vai ao ar no próximo domingo, 8 de dezembro.