A Vigilante do Amanhã: Ghost in The Shell | Assistimos a 15 minutos do filme

Ficamos impressionados com o visual

Marina Val Publicado por Marina Val
A Vigilante do Amanhã: Ghost in The Shell | Assistimos a 15 minutos do filme

Hoje, dia 9 de março, a Paramount Pictures fez um evento voltado para a imprensa em São Paulo no qual exibiu cerca de 15 minutos de A Vigilante do Amanhã: Ghost in The Shell.

Considerando que vimos apenas uma fração das duas horas que o filme apresenta no total, não foi possível analisar o longa em termos de conteúdo, mas do pouco que vimos podemos dizer que as cenas em CG estão bem impressionantes e o 3D foi bem utilizado.

A versão exibida na sessão mostrou apenas alguns momentos que já apareceram anteriormente em trailers e teaser, mas com alguns minutos a mais de duração e dificilmente contam como spoilers. Se você não se importar com descrições sobre as cenas iniciais do filme, continue sem medo. Entretanto, preferir assistir ao filme sem saber absolutamente nada sobre ele, é melhor parar de ler agora.


A primeira cena mostrou uma pessoa em uma maca de hospital, seguida por toda a sequência na qual vemos a Major (Scarlett Johansson) sendo montada, na mesma maneira que aconteceu no anime.

Em seguida, a Major acorda em uma cama, sem conseguir respirar direito e com dificuldades para se movimentar. Depois de recuperar o fôlego, ela conversa rapidamente com a Dra. Ouelet (Juliette Binoche), que explica que o motivo para não sentir o corpo direito é que ele foi destruído em um atentado terrorista e teve que ser substituído por um modelo cibernético.

ghost-in-the-shell-criacao

A parte que mais chama atenção é quando Dra. Ouelet se refere à personagem pelo nome de “Mira“. Seria esta a versão adaptada do nome de Motoko Kusanagi ou ela vai ser um personagem totalmente diferente, apesar do corte de cabelo e roupas similares?

Logo depois, a doutora discute com um homem sobre o futuro de Mira/Major, e eles falam sobre recrutá-la para o Setor 9, mesmo sob os protestos da médica.

ghost-in-the-shell-robo-geisha

A cena final da exibição foi uma das mais mostradas no trailer e se passa um ano depois de a Major ter seu corpo reconstruído. Em um prédio onde está acontecendo uma reunião de negócios, um ataque terrorista começa e gueixas cibernéticas se conectam aos executivos para hackear informações.

Major invade o local e consegue salvar algumas pessoas, e um diálogo curioso com uma das gueixas acontece, em um momento que a faz refletir sobre a sua própria humanidade. Batou (Pilou Asbæk) percebe o incômodo da parceira e comenta que as duas (a gueixa e a Major) não são iguais, mas não é o suficiente para dissipar o incômodo que ela está sentindo.


Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell é baseado na famosa série mangá de mesmo nome e inspirado na obra de Masamure Shirow. Na trama, acompanhamos Motoko Kusanagi, a Major, uma híbrida de humano e robô, que lidera um esquadrão de elite: a Seção 9.

Major precisa perseguir os mais perigosos criminosos e extremistas, entre eles um hacker, que tem como objetivo deter os avanços da tecnologia cibernética.

O filme tem direção de Rupert Sanders (Branca de Neve e o Caçador). No elenco, além de Scarlett Johansson (Major), temos: Takeshi Kitano, Juliette Binoche (Dra. Ouelet), Michael Pitt (Kuze), Pilou Asbæk (Batou), Kaori Momoi, Chin Han, Danusia Samal, Lasarus Rtuere, Yutaka Izumihara e Tuwanda Manyimo.

Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell estreia em 30 de março de 2017.