Vídeo transforma Dunkirk em um filme mudo para mostrar o poder da narrativa visual

A ideia é mostrar o impacto do filme mesmo sem som

João Abbade Publicado por João Abbade

Dunkirk, o mais recente filme de Christopher Nolan, é um exercício invejável de narrativa visual. O diretor do longa disse que tinha esse desejo de fazer um filme de guerra quase sem diálogos há anos e finalmente conseguiu em 2017. Em seus 106 minutos, o longa tem vários cenários e muita coisa acontece, mais seus personagens dificilmente se comunicam com muitas palavras. Entretanto, o filme passa uma grande mensagem e tudo isso graças a grande maestria da narrativa visual adotada.

Afim de destacar esse tipo de narrativa em Dunkirk, o canal do Youtube Like Stories of Old criou um vídeo que transforma o trabalho de Nolan em um filme mudo exatamente no estilo do que víamos na década de 30. O resultado é incrível e o filme continua deslumbrante e contando sua história apenas através de imagens.

Dunkirk será ambientado durante a Batalha de Dunkirk, em 1940, onde os exércitos Aliados ficaram cercados por tropas alemãs no litoral francês. Tom Hardy (Mad Max: Estrada da Fúria), Cillian Murphy (Batman Begins), Mark Rylance (Ponte dos Espiões) e o músico Harry Styles (One Direction) estão no elenco.

O filme estreou no início do ano e arrecadou US$ 525 milhões nas bilheterias ao redor do mundo. Dunkirk também é bastante cotado a algumas categorias nessa temporada de premiações. Confira nossa crítica.