Vendas de jogos digitais batem US$ 10 bilhões em março

Tornando-se o maior total mensal de todos os tempos

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Vendas de jogos digitais batem US$ 10 bilhões em março

As vendas digitais de jogos bateram um novo recorde em março de 2020, atingindo a marca de US$ 10 bilhões em um único mês.

O número de vendas foi impulsionado pela pandemia de COVID-19, o novo coronavírus, cuja medida preventiva pede para que as pessoas fiquem em casa e pratiquem o isolamento social. Para amenizar a situação, muita gente apelou para os jogos como entretenimento e até mesmo para entrar em contato com amigos e familiares, ainda que virtualmente.

Segundo a pesquisa da SuperData, o salto nas vendas aconteceu tanto nos consoles, que apresentaram crescimento de 64% nas vendas entre fevereiro e março, quanto nos PCs, que tiveram 56% de aumento em receita.

No computador, o jogo Dungeon Fighter Online foi o que teve maior receita, enquanto nos consoles o campeão de março foi Animal Crossing: New Horizons, exclusivo de Nintendo Switch lançado no dia 20.

Outros dados apontados pela pesquisa revelam que os jogadores continuaram jogando e gastando em títulos mobile, apresentando um aumento de 15% em cima dos dados de 2019 para o mesmo mês. O destaque fica para Pokémon GO, que passou por ajustes para assegurar que suas mecânicas sejam compatíveis com o momento atual do mundo, onde os jogadores precisam ficar em casa — saiba mais.

Call of Duty: Warzone está se provando um sucesso, com atualizações frequentes para diminuir a quantidade de cheaters (leia sobre as iniciativas) e mais de 50 milhões de jogadores em apenas um mês (veja aqui). Com os números impressionantes do modo Battle Royale, o Modern Warfare atingiu um pico de 62,7 milhões de jogadores entre todos os modos.

Apesar de suas vendas serem consideradas “modestas” para um jogo AAA, Half-Life: Alyx foi um grande lançamento para o VR — a pesquisa estima que 860 mil jogadores testaram o game, de uma base instalada de 4 milhões ao fim de 2019.