Vampire: The Masquerade – Bloodlines 2 perde o diretor criativo

Brian Mitsoda trabalhava no jogo há cinco anos

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
Vampire: The Masquerade – Bloodlines 2 perde o diretor criativo

Faz poucos dias desde que Vampire: The Masquerade — Bloodlines 2 foi adiado, mas os fãs já precisam enfrentar outra notícia ruim sobre o desenvolvimento do jogo.

Em declaração para a RPS, o desenvolvedor Brian Mitsoda anunciou que não é mais o diretor criativo do título, tendo sido “afastado subitamente” do cargo e sem apontar um motivo concreto.

O fato da minha demissão ter sido um choque não significa nada. Eu trabalhei em Bloodlines 2 por quase cinco anos. A história e os personagens principais foram criados na minha sala de estar. Fui responsável pela narrativa desde o início e nunca fui levado a acreditar que não tinha tido sucesso. […] O orgulho pelo trabalho, as expectativas dos fãs e o apoio dos colegas de trabalho me deram forças nesses cinco anos. E estou extremamente desapontado e frustrado em dizer que é aqui que tudo termina para mim no projeto.

Por fim, Mitsoda ainda contou que não fez parte das conversas que levaram ao adiamento do jogo e que, até onde sabe, o desenvolvimento da narrativa não estava atrasado.

Já a Paradox Interactive soltou um comunicado curto sobre a saída do desenvolvedor em seu site oficial, falando que a demissão foi uma decisão tomada pela desenvolvedora e pela Hardsuit Labs.

Agora, Alexandre Mandryka, que já trabalhou em jogos de Assassin’s Creed e Far Cry, assume o cargo de diretor criativo do projeto.

Vampire: The Masquerade – Bloodlines 2 será lançado para Xbox One e Xbox Series X, PlayStation 4 e PC em 2021.