Trabalho de cientista que criou bebês geneticamente modificados é considerado ilegal

Autoridades vão entrar com as punições cabíveis

Cesar Gaglioni Publicado por Cesar Gaglioni
Trabalho de cientista que criou bebês geneticamente modificados é considerado ilegal

No final de 2018, um geneticista chinês alegou ter criado os primeiros bebês geneticamente modificados em laboratório. Nessa terça-feira (22), o trabalho de He Jiankui foi considerado ilegal pelas autoridades da China. A informação é do TechCrunch.

Detalhes não foram revelados, mas os órgãos responsáveis consideraram o projeto de He antiético, e disseram que entrarão com as punições cabíveis contra ele.

He diz ter trabalhado nos embriões usando a técnica Crispr. O pai das gêmeas é portador de HIV, e o geneticista alega que fez com que os embriões se tornassem imunes ao vírus. O cientista não publicou nenhum artigo científico descrevendo seu processo, mas membros da comunidade científica que foram consultados pelo New York Times dizem que, com base em seus trabalhos anteriores, é bem possível que ele realmente tenha conseguido.

A pesquisa em modificação genética de embriões é proibida em muitos lugares do mundo, mas não na China. Apesar disso, um grupo de 122 cientistas chineses emitiu um manifesto condenando os trabalhos de He, chamando-os de “loucos” e dizendo que terão um grande impacto negativo na reputação da comunidade científica do país.

O Dr. Alexander Marson, PhD em modificação genética na Universidade de San Francisco, diz que o trabalho de He é assustador. Membros da comunidade científica acreditam que a modificação genética de embriões pode dar margem para que bebês sejam desenvolvidos visando características físicas e mentais específicas, e não a partir do desejo de se prevenir doenças, algo diretamente correlacionado com o conceito de eugenia. A Comissão Nacional de Saúde da China vai abrir uma investigação para apurar o caso.

Além da questão ética e política, a comunidade científica fica assustada com esse tipo de trabalho por motivos de segurança. A modificação genética de genes específicos pode causar reações em cadeia em outros genes, que podem passar a se comportar de maneiras inesperadas. He garante que as gêmeas nasceram saudáveis.