TikTok entrará com ação judicial contra governo dos EUA após proibição

Presidente dos EUA ordenou suspensão das negociações com a empresa dona da rede social

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
TikTok entrará com ação judicial contra governo dos EUA após proibição

A novela continua: o TikTok reportou que vai mover uma ação judicial contra a administração do presidente dos EUA, Donald Trump, por conta da ordem de suspensão de negócios imposta por ele.

Um representante do TikTok, Josh Gartner, explica ao The Verge que as negociações estão acontecendo há algum tempo:

Ainda que discordemos fortemente das preocupações da administração, buscamos nos empenhar para providenciar uma solução construtiva. O que encontramos foi uma falta de devido processo, uma vez que a administração não prestou atenção aos fatos e tentou inserir-se nas negociações entre empresas privadas. Para garantir que a lei não seja descartada e que nossa empresa e usuários sejam tratados de forma justa, não temos escolha a não ser desafiar a ordem executiva através do sistema judicial.

A ordem executiva a que ele se refere foi assinada por Trump em 6 de agosto, e proíbe empresas americanas de fazerem negócios com a ByteDance, empresa dona do TikTok (veja). Em 14 de agosto, o presidente dos EUA assinou outra ordem executiva, dando à ByteDance 90 dias para vender suas operações nos EUA.

A Microsoft expressou interesse na transação (saiba mais), e a gigante da tecnologia Oracle também (leia aqui). As empresas precisam chegar a um acordo até o dia 12 de novembro para resolver o impasse.