Todas as referências e easter eggs de Thor: Amor e Trovão

Novo filme do Deus do Trovão da Marvel já chegou aos cinemas

Gabriel Avila Publicado por Gabriel Avila
Todas as referências e easter eggs de Thor: Amor e Trovão

A espera chegou ao fim e Thor: Amor e Trovão já está em cartaz nos cinemas. Primeiro herói da Marvel a chegar ao quarto filme solo, Thor (Chris Hemsworth) retorna às telonas para impedir que Gorr (Christian Bale) mate todas as divindades deste universo.

A jornada, que conta com o retorno de Jane Foster (Natalie Portman) como Poderosa Thor, está cheia de homenagens a clássicos do cinema e HQs importantes. Para que você lembre ou conheça a todas elas, reunimos abaixo uma lista com todos os easter eggs e referências de Thor: Amor e Trovão.

[A partir daqui, spoilers de Thor: Amor e Trovão]

A Necroespada

A Necroespada de Gorr
A Necroespada de Gorr

A arma utilizada por Gorr é a Necroespada, mesma ferramenta que ele usa para matar deuses nas HQs. Nos quadrinhos, ele encontra a espada no local em que duas divindades caíram após uma luta. Sentindo a revolta do personagem após uma vida de miséria e sofrimento, a arma ganha vida e vai parar nas mãos do Carniceiro, que a utiliza para matar seu primeiro deus.

Vale lembrar que nas HQs, a Necroespada tem origem simbionte assim como o Venom. Você pode entender em detalhes clicando aqui.

O Vingador mais forte

Thor usando o boné de "Vingador Mais Forte"
Thor usando o boné de “Vingador Mais Forte”

Quando Korg (Taika Waititi) conta a jornada de Thor a um grupo de crianças alienígenas, é revelado que ele andou malhando desde Vingadores: Ultimato (2019). Na cena em que o Deus do Trovão ergue correntes enormes em uma espécie de crossfit divino, ele usa um boné em que se pode ler “o Vingador mais forte”. Essa é uma sutil referência à disputa entre Hulk e ele pelo posto de maior fortão da equipe.

Espacate

Os espacates de Jean-Claude Van Damme e do Thor em Amor e Trovão
Os espacates de Jean-Claude Van Damme e do Thor em Amor e Trovão

O primeiro grande momento de ação de Thor em Amor e Trovão acontece quando ele luta para ajudar um povo alienígena a se livrar de invasores com rosto de coruja. Cheia de porradas e marteladas, a cena tem em seu ponto alto o momento em que o Filho de Odin abre um espacate entre duas naves.

O momento é uma grande referência a Jean Claude Van Damme. O astro executou um espacate impressionante no clássico O Grande Dragão Branco (1988) e depois em uma propaganda da montadora Volvo, em que realizou a manobra entre dois caminhões em movimento.

Guns N’ Roses

Não é exagero dizer que Thor: Amor e Trovão é uma grande carta de amor ao Guns N’ Roses, banda de Hard Rock que embala vários momentos do longa. Além de “Sweet Child O’ Mine”, canção presente desde o primeiro teaser, também é possível ouvir as faixas “Welcome to the Jungle”, “Paradise City” e “November Rain”.

Além disso, a capa do disco Appetite for Destruction (1987) é mostrada no quarto do filho de Heimdall. O garoto é tão fã do grupo que decide mudar o primeiro nome para “Axl” em homenagem a Axl Rose, o vocalista do Guns N’ Roses.

Enigma do Horizonte e Interestelar

Enigma do Horizonte e Interestelar, filmes citados em Thor: Amor e Trovão
Enigma do Horizonte e Interestelar, filmes citados em Thor: Amor e Trovão

Durante uma sessão de quimioterapia, Jane Foster fica feliz ao ver um jovem lendo um livro que ela escreveu. Como a publicação é sobre física, ela puxa papo com o garoto, que diz estar tendo dificuldades com buracos de minhoca. Para ajudar na explicação, ela o aconselha a assistir filmes como Enigma do Horizonte (1997) e Interestelar (2014).

O primeiro é protagonizado por Sam Neill (Jurassic Park), velho amigo do diretor Taika Waititi, que aparece rapidamente em Amor e Trovão como o intérprete de Odin na peça de teatro de Nova Asgard. Já o segundo é acompanhado de uma piadinha por “explicar demais”, uma referência às críticas que o filme recebeu desde seu lançamento – assim como vários outros trabalhos do diretor Christopher Nolan.

Falligar

Falligar nas HQs e em Thor: Amor e Trovão
Falligar nas HQs e em Thor: Amor e Trovão

Thor descobre que deuses estão sendo atacados e mortos e decide investigar ao receber um pedido de ajuda da asgardiana Lady Sif (Jamie Alexander). No local, ele vê o cadáver de outro deus chamado Falligar, em uma cena retirada diretamente das HQs de Jason Aaron e Esad Ribic.

Nos quadrinhos, Thor descreve Falligar como “um deus patrono da fronteira galáctica, campeão do torneio dos imortais por séculos seguidos”. Segundo o asgardiano, o colega falecido era tão poderoso que “desafiava buracos negros apenas por divertimento”.

Mais deuses mortos

Deuses Celestes de Indigarr na HQ do Thor
Deuses Celestes de Indigarr na HQ do Thor

Além de Sif, os Guardiões da Galáxia recebem inúmeros pedidos de socorro vindos de deuses atacados por Gorr. Na tela é possível ver alguns rapidamente, mas o destaque fica por conta da recriação de uma das cenas das HQs em que os Deuses Celestes de Indigarr aparecem pendurados por ganchos.

O teatro de Nova Asgard

Matt Damon, Luke Hemsworth e Sam Neil como atores de Asgard
Matt Damon, Luke Hemsworth e Sam Neil como atores de Asgard

Assim como em Thor: Ragnarok (2017), Amor e Trovão mostra uma trupe de teatro recriando de forma modesta os eventos mostrados nos filmes da Marvel. A peça da vez reconta os eventos do próprio Ragnarok e conta com o retorno de Matt Damon como Loki, Luke Hemsworth como Thor, Sam Neill como Odin e Melissa McCarthy como Hela.

O retorno de Darryl

O quarto filme de Thor revela o retorno de Darryl Jacobson (Daley Pearson), que agora é um orgulhoso cidadão de Nova Asgard. Caso você não faça ideia de quem ele é, não se preocupe: tudo começou nos extras de Capitão América: Guerra Civil (2016).

Um dos bônus do filme é um curta chamado “Equipe Thor”, que mostra o que o Filho de Odin andou fazendo enquanto os Vingadores se dividiam em times e lutavam entre si. O vídeo é um falso documentário que imagina o Deus do Trovão em uma vida comum em que divide um apê na Austrália com um rapaz comum chamado Darryl.

Escrito e dirigido por Taika Waititi, o curta deu tão certo que ganhou duas sequências, chamadas Equipe Thor: Parte 2 (extra de Doutor Estranho) e Equipe Darryl (bônus de Thor: Ragnarok). Os três estão disponíveis para streaming no Disney+.

Jane Fonda e Jodie Foster

Jane Fonda e Jodie Foster, atrizes citadas em Thor: Amor e Trovão
Jane Fonda e Jodie Foster, atrizes que não tem ligação alguma com Jane Foster

Thor: Amor e Trovão marca o retorno de Jane Foster, cientista brilhante, ex-namorada do Thor e atual portadora do martelo Mjölnir. Como Korg só a conhece por histórias, ele costuma errar seu nome, chamando-a de Jane Fonda e Jodie Foster. Os nomes não são aleatórios e prestam referência a duas grandes atrizes de Hollywood, que venceram o Oscar de Melhor Atriz por filmes como Klute, O Passado Condena (1971) e O Silêncio dos Inocentes (1991), respectivamente.

Nick… Furry?

Nick Fury com orelhas de gatinho
Nick Fury com orelhas de gatinho para seu entretenimento

O flashback sobre o namoro entre Thor e Jane Foster mostra que o Filho de Odin salvou o contato de Nick Fury em seu celular como “Nick Furry”. Sutil, a piada implica que o Deus do Trovão acredita que o espião vivido por Samuel L. Jackson curte criaturas e animais antropomórficos.

Como vão, crianças?

Steve Buscemi em 30 Rock
Steve Buscemi se passando por adolescente em 30 Rock

Na primeira vez em que Thor consegue contato com as crianças sequestradas por Gorr, ele as saúda perguntando “como estão, crianças?”. A forma despreocupada como ele se dirige aos pequenos lembra o clássico meme “How do you do, fellow kids?”, retirado da série 30 Rock.

O oitavo capítulo da sexta temporada mostra um flashback de um Lenny Wosniak (Steve Buscemi) já na meia-idade se passando por estudante do ensino médio. Ele os cumprimenta perguntando “como estão, colegas crianças?”, deixando claro que esse não era um disfarce muito bom.

Aegir

Aegir, o bote dos bodes, em Thor: Amor e Trovão
Aegir, o bote dos bodes, em Thor: Amor e Trovão

Quando os heróis precisam de uma nave para servir de veículo para a Bifrost, a Valquíria pega um dos barcos turísticos de Nova Asgard e o amarra nos bodes de Thor. Apelidado de “Bote dos Bodes” nos brinquedos do filme, o veículo foi batizado de “Aegir”. Na mitologia nórdica, esse é o nome do deus dos mares e oceanos.

Cidade da Onipotência

Cidade da Onipotência nas HQs e no filme Thor Amor e Trovão, onde está o deus Zeus
Cidade da Onipotência nas HQs e no filme Thor: Amor e Trovão

Ao descobrir que Gorr está matando deuses, Thor vai à Cidade da Onipotência alertar outras divindades e pedir ajuda. Assim como nas HQs, o local é um abrigo para as mais variadas divindades que vão de Zeus (Russell Crowe) a Celestiais, passando por deuses egípcios, de Wakanda e mais.

Tatuagens em homenagem ao Loki

As tatuagens de Thor em homenagem a Loki em Amor e Trovão
Talvez você não tenha visto as tatuagens porque estava olhando para outra coisa nessa hora…

Quando Thor tem suas vestes retiradas por Zeus e fica peladão, é possível ver que ele fez várias tatuagens em homenagem a Loki. Nas costas do Deus do Trovão há um desenho do elmo do irmão, além de um coração quebrado e “RIP Loki”.

Eternidade

Eternidade nas HQs da Marvel e no filme Thor: Amor e Trovão
Eternidade nas HQs da Marvel ao lado de seu palácio em Thor: Amor e Trovão

No filme, o plano de Gorr para matar todos os deuses de uma vez é fazer um desejo à Eternidade. Essa é uma das várias entidades cósmicas do universo Marvel, que representa o tempo e a realidade.

Vale notar que o próprio templo em que a Eternidade é acessada traz easter eggs. Ao fundo, é possível ver estátuas de outras entidades cósmicas como Vigia, Tribunal Vivo, Morte.

Nada de Lady Thor

Natalie Portman como Jane Foster, a Poderosa Thor
Natalie Portman como Poderosa Thor

Durante a batalha final, Gorr chama Jane Foster de “Lady Thor”. Ela rejeita o título, dizendo que o vilão pode chamá-la de Thor ou Doutora Jane Foster. Essa é uma sutil referência a uma fala de Jason Aaron, escritor que tornou a personagem um Thor nas HQs.

Na época em que o quadrinho estava prestes a sair, Aaron deu uma entrevista ao CBR avisando que a personagem se chamaria apenas Thor: “(…) Ela não é a Mulher-Thor ou Lady Thor. Não é Thorika. Ela é Thor”.

Jason Aaron

Os créditos da produção revelam que Thor: Amor e Trovão teve Jason Aaron como consultor criativo. Ele é o roteirista responsável por uma longa fase nas HQs do Thor que apresentou não apenas a Poderosa Thor, como também Gorr, o Carniceiro dos Deuses.

Dwayne, a rocha

Dwayne The Rock Johnson em Velozes & Furiosos
Dwayne “The Rock” Johnson, a inspiração para uma das piadas de Thor 4

Korg explica que, para fazer filhos, sua raça fica de mãos dadas em um vulcão cantando uma canção especial enquanto espera pelo nascimento de um pequeno bebê de pedra. Ao fim do filme, o herói decide fazer um filho com um ser de pedra chamado Dwayne.

Essa é uma clara referência a Dwayne Johnson, astro de Hollywood que atende pelo apelido “The Rock” ou, A Rocha, em tradução livre.

Hércules

Hércules da Marvel
Hércules, o filho de Zeus, na arte de Clay Mann

A primeira cena pós-créditos de Thor: Amor e Trovão mostra Zeus pedindo para que um de seus filhos derrote Thor como forma de vingá-lo e de resgatar o respeito da humanidade. O semideus escolhido foi Hércules, que no MCU é interpretado por Brett Goldstein, astro conhecido por interpretar Roy Kent em Ted Lasso.

Vale lembrar que uma das primeiras aparições do Hércules apareceu em uma edição de Journey Into Mystery, revista em que eram publicadas as histórias do Thor. Essa história mostrou os deuses caindo na porrada em uma briga que terminou com a intervenção de Zeus. No futuro eles se tornaram aliados e até companheiros de equipe nos Vingadores.

Valhalla

Idris Elba como Heimdall nos filmes de Thor
Heimdall de Idris Elba recebe Jane Foster em Valhalla

Já a segunda cena pós-créditos mostra Jane Foster chegando a Valhalla, o paraíso da cultura asgardiana. No local, que recebe guerreiros tombados em batalha, ela é recebida por Heimdall (Idris Elba). Essa é a primeira vez que Valhalla aparece no MCU depois de ser citada várias vezes pelos asgardianos desse universo.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1