Telltale Games é processada por funcionário demitido

Mais de 200 funcionários perderam o emprego com o anúncio de fechamento na semana passada

Jefferson Sato Publicado por Jefferson Sato
Telltale Games é processada por funcionário demitido

Os fãs não foram os únicos surpresos na semana passada, quando a Telltale Games anunciou que o estúdio estava fechando as portas. Mais de 200 funcionários foram demitidos de surpresa, deixando apenas 25 membros da equipe para finalizar as atividades da empresa.

Agora um processo contra a Telltale foi registrado no estado da Califórnia, nos EUA, por um ex-funcionário. A ação alega que a empresa violou as diretrizes do WARN Act, por não dar um aviso prévio de 60 dias para os funcionários demitidos.

O processo pede que a Telltale pague para todos os funcionários os salários, contribuições e qualquer dinheiro que deveriam receber neste período de 60 dias. Outras pessoas demitidas podem se juntar à ação legal contra a empresa.

Segundo o Kotaku, as condições foram bem injustas com estas pessoas demitidas, com algumas delas fazendo hora extra de madrugada no dia anterior, sem saber o que estava por vir em apenas algumas horas. Isso sem falar que estas pessoas não receberão a indenização pela demissão súbita, já que a empresa está encerrando as atividades, e não apenas fazendo cortes.

Por conta das demissões, duas hashtags foram criadas nas redes sociais: #TelltaleJobs, que tenta encontrar novos empregos para as pessoas afetadas, e #TelltaleMemories, através do qual os ex-funcionários compartilham suas histórias no estúdio.