Jovem Nerd - Notícias sobre filmes, séries, HQs, games, animes, ciência, tecnologia e humor, porque rir não faz mal a ninguém!

Submarino de Elon Musk não era prático o suficiente para resgatar as crianças na Tailândia

Minissubmarino foi entregue, mas não serviu para o resgate

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
Submarino de Elon Musk não era prático o suficiente para resgatar as crianças na Tailândia

O minissubmarino que a equipe de Elon Musk estava desenvolvendo para ajudar no resgate de crianças que ficaram presas em uma caverna, na Tailândia, ficou pronto e estava a postos para finalmente colocar seu objetivo em prática. No entanto, ele acabou não sendo usado — e teve motivos para isso.

De acordo com o Engadget, Narondsak Ostanakorn, quem estava liderando o resgate, disse para Musk que sua tecnologia era sofisticada, mas não era prática o bastante.

O site reporta que alguns observadores do resgate disseram que o trajeto para chegar até a caverna era complicado, tinham partes mais fundas, estreitas — a menor tinha cerca de 38 centímetros de altura — e até um trecho que saía da água.

O submarino, que foi criado a partir da Falcon 9, não passaria pelo trecho que não tinha água, exigindo a presença de um mergulhador para essa parte, o que não era prático, nem rápido o suficiente.

De acordo com o The Guardian, em resposta, Musk disse que Osatanakorn “não era especialista no assunto” e que não era chefe do resgate — apesar de todos estarem creditando ele assim.

“Além disso, com base em revisões e discussões extensas no vídeo do resgate da caverna, a engenharia da SpaceX tem certeza que o minissubmarino pode fazer toda a jornada [que fizeram no resgate] e demonstrar a qualquer momento”, completou Musk.

Por fim, o multimilionário parabenizou a operação, que foi concluída com sucesso nesta tarde de terça-feira (10), e anunciou que vai deixar sua tecnologia por lá para ser usada no futuro. Veja:

“Acabei de retornar da terceira caverna. O minissubmarino está pronto se precisarem. É feito de partes de foguetes e se chama “Wild Boar”, em homenagem à equipe de futebol [dos meninos presos na caverna]. Vou deixar aqui caso precisem no futuro. A Tailândia é muito linda.”

Todos que estavam na caverna — 12 garotos de um time mirim de futebol e seu treinador — já foram resgatados, após passarem 17 dias presos.

Mais notícias