Star Wars: A Ascensão Skywalker foi editado durante as filmagens

Cronograma apertado motivou o processo diferenciado

Cesar Gaglioni Publicado por Cesar Gaglioni
Star Wars: A Ascensão Skywalker foi editado durante as filmagens

Em 99,99% dos casos em Hollywood, os filmes são gravados por completo e depois seguem para a edição. Porém, Star Wars: A Ascensão Skywalker fez diferente, já que o longa acabou sendo editado no próprio set durante as gravações.

As filmagens do nono longa da saga principal começaram um pouco mais tarde, apertando o cronograma. Para compensar a falta de tempo, a editora Maryann Brandon ficou presente no set, montando o filme enquanto tudo era gravado.

“Enquanto eu assistia o que eles estavam gravando, eu cortava o que foi gravado um dia antes. O diretor de fotografia estava ao meu lado para qualquer dúvida”, Brandon contou ao Collider. “Se eu precisasse de um novo plano, ou se JJ quisesse um novo plano, nós nos arrumávamos em um canto com tela verde e fazíamos”, explicou.

Vale frisar que o processo de edição e montagem apenas coloca o filme em uma ordem lógica para que a história seja contada conforme o roteiro e a visão do diretor, e não tem nada a ver com a inserção de efeitos visuais, feito na pós-produção.

J.J. Abrams (O Despertar da Força) dirige o episódio final da trilogia, que tem roteiro de Lawrence Kasdan (O Império Contra Ataca). No elenco, estão de volta Oscar Isaac, John Boyega, Mark Hamill, Daisy Ridley, Carrie Fisher e outros. A novidade fica por parte de Billy Dee Williams, o Lando original!

Para garantir a presença de Leia no filme, a Lucasfilm usará cenas não utilizadas de O Despertar da Força e Os Últimos Jedi, evitando o uso de computação gráfica para inserir Carrie Fisher na produção — todo o processo foi aprovado pela filha da atriz, Billie Lourd.

Star Wars: A Ascensão Skywalker estreia em 19 de dezembro de 2019.