Sr. e Sra. Smith funciona bem como sátira de espionagem e comédia romântica | Crítica

Nova produção é inspirada no filme de 2005, mas tem personalidade própria

Daniel Reininger Publicado por Daniel Reininger
Sr. e Sra. Smith funciona bem como sátira de espionagem e comédia romântica | Crítica (Prime Video/Divulgação)

Sr. e Sra. Smith não é uma típica série de espionagem. Criada por Donald Glover e Francesca Sloane, a produção é inspirada no clássico cinematográfico de 2005, protagonizado por Brad Pitt e Angelina Jolie, e usa os clichês do gênero como combustível para uma trama divertida e intrigante, com a sorte de ter dois protagonistas carismáticos.

O seriado do Amazon Prime Video é uma sátira às histórias de espionagem, mas também é uma comédia sobre relacionamentos, sem falar que possui uma forte crítica à cultura corporativa. Prepare-se para ser surpreendido, porque a série ganha força a cada episódio enquanto a trama fica cada vez mais cativante e os personagens são aprofundados.

Conheça os Smiths

A narrativa gira em torno de John (Glover) e Jane (Maya Erskine), voluntários de uma organização sombria que os coloca como um casal para agir em missões secretas. Suas novas identidades proporcionam um estilo de vida luxuoso, mas que está longe de ser fácil. Cada episódio revela uma nova missão perigosa, com propósitos desconhecidos tanto para os protagonistas quanto para os espectadores.

Sr. e Sra. Smith mergulha na essência da relação entre John e Jane, em que as dinâmicas de espionagem são apenas mais um elemento do relacionamento amoroso. A produção suaviza a abordagem Charlie’s Angels-encontra-James Bond, proporcionando espaço para explorar questões muito pessoais, que mostram quem essas pessoas realmente são. A representação dos espiões como seres humanos adiciona autenticidade à trama, aproximando-os de pessoas comuns, como também aconteceu na espetacular série The Americans (2013).

Esta adaptação flexível do material original cinematográfico, apesar do crédito a Simon Kinberg, revela uma nova dinâmica. Em contraste com o filme, John e Jane trabalham juntos, transformando a série em um jogo colaborativo entre colegas de trabalho que se tornam amantes, mesmo sendo praticamente estranhos.

Imagem de Sr. e Sra. Smith
A boa interação entre Donald Glover e Maya Erskine é um dos pontos altos da nova série (Prime Video/Divulgação)

A sátira perspicaz da indústria de freelancers, entrelaçada ao longo da primeira temporada, destaca a natureza imprevisível das missões da dupla. A série adota um formato de caso semanal, com atores, como Sarah Paulson, John Turturro e Parker Posey, contribuindo com hilárias participações especiais. A comunicação por meio de um chat de computador, repleto do falso tom amigável da comunicação corporativa, adiciona uma camada extra de ironia.

Inicialmente, John e Jane encaram o trabalho como uma parceria temporária, mas os atrativos da nova vida os cativam. Assim, o enredo assume uma complexidade labiríntica, reminiscente da habilidade de Glover e do diretor Hiro Murai em Atlanta, acentuada por uma cinematografia elegante e uma trilha sonora marcante, cortesia de David Fleming.

A irresistível química entre Erskine e Glover, embora intencionalmente diferente do glamour de Jolie e Pitt, é hipnotizante. Suas interpretações misteriosas, misturadas com a desesperada busca por conexão, aprofundam as vantagens e os problemas desse “relacionamento” que se desenvolve em meio ao mistério da espionagem. A série capta momentos comuns de casais, seja em uma briga ou em uma sessão de terapia, mas também garante cenas de ação eletrizantes em missões arriscadas. O fato de serem agentes secretos torna desafiador para John e Jane realmente conhecerem todas as camadas um do outro, perpetuando um mistério intrigante sobre quem são e o que um significa para o outro.

Surpreendente, Sr. e Sra. Smith estabelece uma comédia de relacionamento perspicaz a partir de um drama de espionagem. Com Glover e Erskine, a série é capaz de criar sua própria identidade, mesmo baseada no sucesso de 2005. Com semelhanças claras em relação à surreal comédia dramática Atlanta de Glover, é uma narrativa singular, sedutora e enigmática sobre dois agentes tentando entender o que é real e questionando o que realmente importa para eles.

Todos os episódios de Sr. e Sra. Smith estão disponíveis no Amazon Prime Video.


Aproveite e conheça todas as redes sociais do NerdBunker, entre em nosso grupo do Telegram e mais – acesse e confira.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1