Spike Lee não ficou nada feliz com a vitória de Green Book – O Guia no Oscar 2019

Diretor se virou de costas para o palco e tentou ir embora do teatro. Sobrou pro Jordan Peele acalmar ele

João Abbade Publicado por João Abbade
Spike Lee não ficou nada feliz com a vitória de Green Book - O Guia no Oscar 2019

Spike Lee não ficou nada feliz com a vitória de Green Book – O Guia como Melhor Filme no Oscar 2019. O filme dirigido Peter Farrelly coleciona polêmicas e, apesar de nunca ter falado com todas as palavras, Lee tem se mostrado bastante insatisfeito com o reconhecimento que o filme está ganhando.

De acordo com pessoas presentes, Lee ficou furioso quando Green Book foi anunciado como o Melhor Filme. Ele levantou do seu assento, se virou de costas e começou a caminhar para fora do teatro. Um segurança impediu a saída e ele foi obrigado a voltar para o auditório. O diretor que estava sentado na terceira fileira continuou de costas para o palco e encontrou o diretor e produtor Jordan Peele (Corra!), que estava na fileira de trás. Peele acalmou Lee, mas nenhum dos cineastas aplaudiu o discurso dos vitoriosos.

Na imagem abaixo é possível ver Lee tentando ir embora do Dolby Theater, onde o Oscar acontece anualmente:

Depois do Oscar, o Lee deu entrevistas e cutucou Green Book mais vezes. O diretor de Faça a Coisa Certa chegou na sala para entrevistas segurando uma taça de champanhe: “Essa é minha sexta taça e vocês sabem a razão”, brincou. Na coletiva de imprensa, perguntaram o que ele pensava sobre o filme de Farrelly. A resposta foi curta e evasiva: “Me deixe tomar outro gole”. E gritou, rindo: “Próxima pergunta!”. Os jornalistas insistiram no assunto e o diretor contou sobre como se sentiu quando o nome do filme foi anunciado: “Foi como estar na quadra de basquete e o juiz apitar mal.”

Horas depois, conversando com dois jornalistas da BBC, Lee desviou várias vezes das perguntas sobre Green Book, mas seu rosto não esconde o incomodo com a premiação. “Me parece bem similar a Conduzindo Miss Daisy, eles só trocaram a posição do motorista”, respondeu ele. Perguntado sobre a qualidade do filme, Lee usou a expressão britânica “Not my cup of tea”, comumente usada quando você quer rejeitar algo.

Veja:

Na verdade o diretor de Faça a Coisa Certa e Malcoln X já está insatisfeito com Green Book há um bom tempo. Durante a temporada de premiações, ele participou de várias mesas redondas de debate com outros diretores indicados. Sempre que Farrelly falava, Lee ficava como uma cara brava, de poucos amigos. Essa insatisfação do diretor virou até piada entre cinéfilos. Veja:

Apesar da indignação, Lee levou seu primeiro Oscar pra casa na última cerimônia do Oscar. Seu filme Infiltrado na Klan venceu como Melhor Roteiro Adaptado.

A 91º apresentação do Oscar aconteceu nesse último domingo (25) e consagrou Green Book – O Guia como Melhor Filme — confira todos os vencedores.