Sofia Coppola é a segunda mulher a ganhar o prêmio de melhor diretora em Cannes

A última diretora a ser premiada no festival foi Yuliya Solntseva, em 1961

Marina Val Publicado por Marina Val
Sofia Coppola é a segunda mulher a ganhar o prêmio de melhor diretora em Cannes

Sofia Coppola, diretora conhecida por longas como Virgens Suicidas e Maria Antonieta, acaba de ganhar o prêmio de melhor diretora em Cannes por seu filme O Estranho que Nós Amamos.

Em 71 anos de festival, esta é apenas a segunda vez que uma mulher recebe o prêmio. A primeira foi a diretora russa Yuliya Solntseva, em 1961, que recebeu o troféu por A Epopéia dos Anos de Fogo (Povest plamennykh let), que contava sobre a resistência à invasão nazista na União Soviética.

O Estranho que Nós Amamos é um roteiro adaptado do romance de Thomas P. Cullinan e fala sobre um internato para garotas que durante a guerra civil acolhe um soldado ferido. Só que o ato de generosidade acaba gerando conflitos e leva a caminhos inesperados. Confira o Trailer:

Longa estreia no Brasil em 24 de agosto.