Sequestraram Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar e estão pedindo resgate

Criminosos querem bitcoins

Cesar Gaglioni Publicado por Cesar Gaglioni
Sequestraram Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar e estão pedindo resgate

Virou moda, depois de Orange is the New Black hackers “sequestraram” Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar e estão pedindo um resgate em bitcoins — o valor não foi revelado. Bob Iger, CEO da Disney, disse durante uma reunião com funcionários da ABC que “um filme” tinha caído no golpe, mas o Deadline apurou e concluiu que se trata do próximo longa de Jack Sparrow.

Iger diz que os criminosos ameaçaram lançar cinco minutos do filme inicialmente e depois trechos de 20 minutos a cada dia que a quantia não seja paga. Ainda de acordo com o Deadline, a empresa se negou a pagar o montante. Mais informações devem chegar nos próximos dias.

Na reportagem, Hector Monsegur, Diretor de Segurança da Rhino Security Labs e ex-hacker, declarou que rastrear os autores é a tarefa mais difícil no momento para o FBI:

É quase impossível porque você tem vários hackers de qualquer lugar do mundo. Eles estão cientes das técnicas para rastreá-los. Então você pode ter um hacker egípcio usando software russo, então ele parece ser da Rússica, mas é na verdade do Egito.

Quando o mesmo aconteceu com a série da Netflix, o sequestrador disse que tinha produções de outros estúdios como refém, mas não divulgou quais. Pode se tratar da mesma pessoa ou grupo, mas também existe a possibilidade de que alguém “se inspirou” pelo crime anterior e quis copiá-lo.

No longa, Jack Sparrow terá de encontrar o Tridente de Poseidon para evitar que o antagonista acabe com todos os piratas do oceano.

Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar estreia em 25 de maio de 2017.