Sarcófago de 2500 anos é aberto no Egito

Abertura foi feita em cerimônia pública, sem luvas e materiais de proteção, e gerou críticas

Marina Val Publicado por Marina Val
Sarcófago de 2500 anos é aberto no Egito

No último sábado (3), aconteceu uma cerimônia para apresentar 59 sarcófagos de 2500 anos descobertos no sítio arqueológico de Saqqara, no Egito.

A descoberta foi anunciada na sexta (2) pelo Ministro de Antiguidades e Turismo do Egito, Khaled El-Enany. Segundo o Daily Mail, ele explicou que a equipe tinha recomeçado a escavar o local há dois meses e tinha encontrado 13 sarcófagos intactos em uma tumba vertical de cerca de 11 metros de profundidade. O time então continuou as escavações e encontrou dois novos poços repletos de múmias.

Além de simplesmente exibir os itens, um dos sarcófagos chegou a ser aberto diante do público em geral, que não estava usando nenhum tipo de equipamento de proteção. Em um dos vídeos que circulam pelas redes, é possível ver uma pessoa sem luvas e sem máscara tocar diretamente na múmia.

A ação acabou gerando críticas tanto pela falta de cuidado com a peça quanto pela aglomeração durante a pandemia de COVID-19, o novo coronavírus.

Apesar disso, o embaixador da Austrália no Egito, Glenn Miles, escreveu em um dos vídeos publicados:

Privilegiado por assistir à abertura de um sarcófago recém-descoberto na antiga necrópole egípcia em Saqqara. Uma honra para o Ministro do Turismo e Antiguidades Khaled El Anany e todos os outros envolvidos em uma escavação incrível

Confira abaixo imagens da cerimônia e também do local onde os sarcófagos foram descobertos: