Riot Games não muda posicionamento sobre arbitragem privada em processos abertos

Empresa não recua na decisão

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Riot Games não muda posicionamento sobre arbitragem privada em processos abertos

Mesmo com o protesto dos funcionários, a Riot Games, desenvolvedora e publisher de League of Legends, decidiu não mudar seu posicionamento sobre a arbitragem privada obrigatória para quem está empregado na empresa atualmente.

De acordo com uma declaração oficial publicada no site (em inglês):

Dada a complexidade dos processos atuais, nós não vamos mudar nossos acordos com os funcionários enquanto estiverem com processos ativos. Sabemos que nem todo mundo concorda com essa decisão, mas também sabemos que todos querem que a Riot continue se aprimorando.

Além da declaração, a empresa também vai criar um conselho focado em diversidade e inclusão com um grupo diversificado de funcionários.

Antes da Riot, empresas como Google, Uber e Lyft mudaram seu posicionamento sobre arbitragem privada, revertendo a obrigatoriedade.