Quibi | Serviço de streaming encerra as atividades depois de seis meses do lançamento

Plataforma pensada para celulares contava com conteúdo exclusivo

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Quibi | Serviço de streaming encerra as atividades depois de seis meses do lançamento

Quibi, a plataforma de streaming pensada para smartphones, encerrou as suas atividades depois de apenas seis meses do seu lançamento.

O anúncio foi feito por meio de um anúncio escrito pelos fundadores do site, Jeffrey Katzenberg e Meg Whitman. Quanto ao conteúdo original do serviço, a empresa revelou que está tentando vender a outras companhias.

“Sentimos que esgotamos todas as nossas opções. Como resultado, chegamos, com relutância, à difícil decisão de encerrar as operações, devolver o dinheiro aos nossos acionistas e dizer adeus aos nossos colegas com elegância”, diz o anúncio.

O fim das operações do Quibi foi lamentado pelos fundadores, que não culparam a pandemia de COVID-19, o novo coronavírus, pelo fracasso da plataforma. Para eles, outros streamings encontraram bastante sucesso durante o mesmo período. No entanto, a ideia de ter um serviço focado para celular, durante a pandemia, quando todos estão em casa, não foi muito bem recebida pelo usuários. A plataforma até chegou a ser lançada no Brasil, mas não apresentava nenhum conteúdo em português.

A empresa notificará os assinantes atuais sobre a data final em que eles poderão acessar o Quibi.

O streaming contava com grandes nomes em suas produções, como #FreeRayshaw com Laurence Fishurne; 50 States of Fright, com Rachel Brosnahan; Survive, com Sophie Turner; e Die Hart, com Kevin Hart.

O Quibi era uma plataforma de vídeo um pouco diferente das que estamos acostumados: todo o seu conteúdo foi feito para ser consumido na tela de um smartphone. O nome é derivado da expressão “quick bites” do inglês, algo como “mordidas rápidas” ou “mordiscadas”, em tradução livre para o português, porque os episódios de suas produções são curtos.

O valor para ter acesso ao Quibi era de R$ 32,90 por mês.