Quanto custaria assinar (quase) todos os serviços de streaming?

Netflix, Amazon Prime Video, Crunchyroll, Spotify... E esse é só o começo

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Quanto custaria assinar (quase) todos os serviços de streaming?

Quando as plataformas de streaming apareceram, ninguém se importava muito por aqui. A pergunta que muitos se faziam era: “para que usar algo que tenho que pagar, se consigo (por meios ilegais) ter acesso ao mesmo conteúdo?”. Algum tempo depois, encontrar alguém que não utilize pelo menos um dos serviços se tornou uma tarefa quase impossível. Os agregadores de conteúdo oferecem algo a mais do que apenas filmes, séries, músicas ou livros; o streaming oferece conforto, o que, se analisarmos o sucesso das plataformas, ninguém abre mão.

Em meio à pandemia de COVID-19, o novo coronavírus, as plataformas se tornaram ainda mais importantes e presentes na vida das pessoas, afinal, com as salas de cinema fechadas e com a recomendação de se manter o isolamento social, os serviços de streaming se tornaram importantes para que lançamentos continuassem a acontecer, além de proporcionar entretenimento para todos que ficaram fechados em suas casas.

Assim, com as plataformas de streaming em alta, sempre há a pergunta: “O que devo assinar?”, afinal são muitas opções quase sempre se completam, mas que acabam deixando o usuário com um vácuo em algum ponto caso ele não assine algum dos serviços.

Por exemplo, quem quiser algo mais “cult” terá dificuldade de achar na Netflix, mas acha no Mubi. Quem quiser assistir aos clássicos da HBO, como Sopranos… Bom, só assinando a HBO mesmo. E por aí vai.

Quanto custa?

Em agosto de 2019, reunimos as plataformas disponíveis no Brasil e, calculamos o quanto seria necessário desembolsar para assinar as principais, seria necessário desembolsar o valor de R$ 244,00 por mês, e R$ 2928,00 anuais.

Agora, pouco mais de um ano depois, muita coisa mudou: novos serviços chegaram, como o caso do Apple TV+, e alguns chegaram e foram embora, como aconteceu com o Quibi. Então, adicionamos as plataformas que faltavam e atualizamos as informações para você saber: se você quiser ter acesso a todo o conteúdo disponível, o quanto você deve desembolsar por mês?

Netflix

La Casa de Papel é um dos maiores sucessos da Netflix

A gigante do streaming é a porta de entrada para quem quer se aventurar no mundo do conteúdo online. Por motivos de direitos autorais, o catálogo de filmes e séries que são exibidos muda de país para país e títulos acabam ficando indisponíveis caso o contrato acabe. Já as produções autorais — que tem crescido cada vez mais — estão sempre lá, a um clique do usuário, como é o caso de La Casa de Papel, Stranger Things, The Crown, Sex Education e House of Cards.

O plano básico da Netflix, de apenas uma tela e sem HD, custa R$ 21,90 por mês. O primeiro mês é de graça para experimentar.

HBO GO

Lovecraft Country, do HBO Go, mistura terror e fantasia

Inicialmente, só tinha acesso à HBO GO quem fosse assinante de uma TV a cabo. Isso acabou e, hoje, você pode assistir a um vasto catálogo de (ótimas) produções originais HBO, como Euphoria, Lovecraft Country, Game of Thrones, Chernobyl, Greg News, Sopranos e Sex and The City, além dos filmes, que muita vezes foram lançados recentemente.

A HBO GO pode ser ser assinada por R$ 34,90 mensais. O usuário ganha os primeiros sete dias de graça para testar.

Amazon Prime Video

The Boys é um dos maiores sucessos da plataforma e a série já está renovada para a terceira temporada

O Amazon Prime Video não foi um sucesso instantâneo no Brasil. Seu catálogo é bom, mas não é exatamente vasto e apresenta problemas com a disponibilidade de áudios e legendas, como é o caso do filme Todos Já Sabem, estrelado por Javier Bardem, Penélope Cruz e Ricardo Darín, que não conta com legendas em português, apenas dublado.

Por outro lado, a Amazon Studios tem investido cada vez mais em produções originais, o que faz a plataforma atraente para quem gosta de novidades, como American Gods, The Marvelous Mrs. Maisel, The Boys, Utopia e Truth Seekers.

O  Amazon Prime também oferece aos assinantes do Prime Video frete grátis e expresso para produtos vendidos e entregues pela empresa. Além disso, o Prime dá acesso ao Twitch Prime, que dá itens gratuitamente em games selecionados e até mesmo jogos inteiros.

Também há mais dois serviços ligados ao Prime: o primeiro deles é o Prime Music, serviço de streaming de música da empresa que dá acesso a mais de dois milhões de músicas sem anúncios. O outro é o Prime Reading, que disponibiliza uma seleção rotativa de livros dos mais variados gêneros para o Kindle (que também possui aplicativo nas lojas do Android e iOS).

Outra coisa interessante disponível no Amazon Prime Video é o Prime Video Channels, opção de agregador de streamings, como Looke, Starzplay, MGM, Paramount+. O usuário pode assistir a filmes e séries disponíveis nessas plataformas, sem precisar utilizar os aplicativos ou versão web de cada um deles: os seus catálogos podem ser acessados dentro da plataforma do Amazon Prime Video. Para ter o acesso aos títulos, porém, é necessário ser assinante não apenas do serviço da Amazon, como também do streaming o qual disponibiliza a produção desejada.

A mensalidade é de R$ 9,90, com a opção de assinatura anual por uma vez de R$ 89,90.

Disney+

The Mandalorian é uma das produções mais importantes do Disney+

O Disney+ chegou ao Brasil no dia 17 de novembro de 2020, poucos dias depois de ter completado um ano de seu lançamento nos Estados Unidos, e era um dos streamings mais esperados pelo público brasileiro.

O catálogo conta com produções da Disney, Pixar, Marvel, Star Wars e National Geographic, e também com conteúdo original e exclusivo da plataforma. Além dos títulos clássicos, estão disponíveis produções inéditas no Brasil, como a série live-action de Star WarsThe Mandalorian, o novo longa de A Dama e o Vagabundo, o musical Hamilton, entre vários outros. Confira os destaques do Disney+ aqui.

Em breve, o serviço contará também com os tão aguardados seriados da Marvel, como Loki e WandaVision.

O streaming oferece uma promoção em parceira com o Globoplay, que pode ser assinado por R$ 43,90 mensais, ou então R$ 454,80 anuais (R$ 37,90 em 12 vezes). Já o pacote com canais ao vivo da Globo, Globoplay e Disney+ ficará por R$ 69,90 por mês, ou R$ 718,80 por ano (R$ 59,90 em 12 vezes).

O plano mensal do Disney+ custa R$ 27,90, com a opção de assinatura anual por uma vez de R$ 279,90.  O assinante uma semana para testar a plataforma.

MUBI

O MUBI é um serviço para quem procura filmes considerados “cult” e que gosta de curadoria de conteúdo. Ele disponibiliza apenas 30 filmes por vez, mas deixa a possibilidade de aluguel para alguns outros, como é o caso do brasileiro Central do Brasil, que rendeu à Fernanda Montenegro a indicação ao Oscar de Melhor Atriz, e pode ser assistido por R$ 5,90.

A plataforma é perfeita para assistir desde aquele filme grego que você nunca achou uma legenda boa o bastante, ou para ver A Estrada Perdida, do David Lynch, até para assistir obras do Luis Buñuel, por exemplo.

O plano mensal do MUBI custa R$ 27,90, com a opção de assinatura anual por uma vez de R$ 202,80.  O assinante ganha os sete primeiros dias.

Globoplay

Sob Pressão, um dos títulos originais da Globoplay

O streaming da Rede Globo traz um catálogo gigante das novelas da emissora, assim como títulos originais, como Sob Pressão, e séries exclusivas, como Jovem Sheldon e The Killing Eve. Estão disponíveis também séries como The Handmaid’s Tale – O Conto da Aia, Pretty Little Liars, The Good Doctor e One Tree Hill. Os programas de jornalismo podem ser assistidos de graça.

O serviço anunciou também um novo serviço para os usuários que desejam se desvincular das empresas de canais de TV por assinatura. Ele permite que o assinante assista a um conteúdo dos canais fechados ao vivo, mas não permite que ele seja assistido como streaming, a qualquer momento, dentro do Globoplay depois de sua exibição; ele será disponibilizado apenas seis meses depois, o que pode ser uma desvantagem. Neste caso, é necessário contratar um plano adicional no valor de R$ 49,90 por mês no plano mensal, ou 12 parcelas de R$ 42,90 no caso do anual.

Há uma opção de assinatura em parceria com o Disney+, que já explicamos quando falamos da plataforma da Disney.

A assinatura simples do Globoplay custa ao usuário R$ 19,90 por mês.

Telecine Play

Parasita, o grande vencedor do Oscar 2020, está disponível no Telecine Play

O Telecine Play conta com uma vasta biblioteca, recheada de lançamentos e filmes para todos os gostos, desde grande produções, como todos os títulos da franquia 007; longas premiados, como o vencedor do Oscar de Melhor Filme em 2020, Parasita; até produções de diretores como Jean-Luc Godard, Agnès Varda e Federico Fellini.

O streaming disponibilizou o Telecine Première, onde filmes fazem sua estreia direto na plataforma. Há também o serviço de aluguel por título, com diferentes valores por produção.

O Telecine Play custa R$ 37,90 por mês. O usuário tem 30 dias para experimentar o serviço.

Crunchyroll

O Crunchyroll disponibiliza 51 episódios do anime Berserk

O Crunchyroll é um serviço de streaming de anime e doramas. A ferramenta é ideal para quem quer assistir às mais diversas produções, sempre com o catálogo atualizado de acordo com que sai no Japão. Os programas são legendados, alguns também dublados, e em alta definição.

Para assinar o Crunchyroll, o assinante paga R$ 25,00 por mês. O usuário ganha 14 dias para teste.

Looke

A Meia-Noite Levarei sua Alma, primeiro filme protagonizado por Zé do Caixão, está disponível no Looke

O Looke é uma plataforma brasileira de streaming de filmes e séries. O serviço oferece títulos diversos em seu catálogo, desde comédias românticas aos filmes de diretores como Federico Fellini.

O que vale de verdade a assinatura é a possibilidade de poder assistir aos filmes brasileiros disponíveis na SPcine Play, que estão disponibilizados de graça, com o cadastro do Looke, como toda a filmografia de José Mojica Marins, o Zé do Caixão, Rogério Sganzerla e Hector Babenco. São diversos filmes nacionais ou então selecionados para a mostra de cinema de São Paulo, por exemplo. O Looke pode ser acessado por meio do Prime Video Channels

O valor para assinar o Vídeo Clube do Looke é de R$ 16,90 mensais.

Oldflix

Labirinto – A Magia do Tempo, estrelado por David Bowie, pode ser assistido no Oldfix

O que pode incomodar alguns assinantes das grandes plataformas de streaming é a falta de clássicos do cinema, aqueles bem antigos, que sempre fazem parte das listas de “melhores filmes do mundo”, mas que é uma dificuldade imensa para achá-los disponíveis. O Oldflix nasceu da iniciativa de uma empresa brasileira e traz Rebecca (clássico do Hitchcock), Conan – O Bárbaro, A Ilha do Dr. Morea, Labirinto – A Magia do Tempo, e também algumas relíquias, como as primeiras temporadas de Digimon e Sailor Moon.

Para assinar o Oldflix, o usuário paga R$ 12,90 mensais. Os sete primeiros dias são de graça para testar.

Darkflix

Cena de Contos do Além, série de terror lançada em 1972 e disponível da Darkflix

Os fãs de terror também têm um serviço de streaming para chamar de seu: a Darkflix. A plataforma brasileira tem um catálogo dedicado ao gênero. Há séries e filmes relacionados a todos os tipos de assunto que envolvem o horror, desde universos fantásticos, até monstros e assombrações. Títulos como Contos do Além, O Canal, A Maldição de Samantha, Intruder – Violência e Terror, A Tortura do Medo entre outros diversos clássicos, estão disponíveis no serviço de streaming.

Para assinar a Darkflix, o assinante paga R$ 9,90 por mês. Os sete primeiros dias são de graça.

Starzplay

Cena de Normal People, aclamada série exibida pelo Starzplay no Brasil

O Starzplay pertence à Lionsgate e tem crescido no Brasil nos últimos tempos. O streaming tem trazido títulos que antes não estavam disponíveis no país, como Luther, The Act, The Name of the Rose, High Fidelity, The Act e Normal People, além de diversos filmes. A plataforma está disponível também para ser acessada por meio do Prime Video Channels.

O valor para assinar o Starzplay é R$ 14,90 mensais. O usuário ganha sete dias de graça para teste.

Paramount+

Schitt’s Creek, a grande ganhadora do Emmy 2020, está disponível no Paramount+

A Paramount+ é uma plataforma da ViacomCBS que conta com um catálogo recheado de títulos originais não apenas do estúdio Paramount, como também da MTV e Nickelodeon. Produções como Schitt’s Creek, a grande vencedora do Emmy 2020, assim como Ei Arnold, The Handmaid’s Tale – O Conto da Aia, Cosmópolis, Vanilla Sky e diversas outras, podem ser assistidas no serviço. A plataforma está disponível por meio da ClaroTV e também para ser acessada por meio do Prime Video Channels.

Para ter acesso ao Paramount+, o usuário deve pagar o valor de R$ 19,90 mensais. A plataforma dá sete dias de graça para teste.

MGM

Silêncio dos Inocentes, de 1991, está disponível no MGM

O streaming do MGM traz ao assinante diversas opções que fazem parte do catálogo do estúdio. Entre títulos premiados, como Silêncio dos Inocentes, de 1991, como também algumas produções que chegam a ser difíceis de se encontrar normalmente, como Um Peixe Chamado Wanda, de 1988; Mississipi em Chamas, de 1988; Canibais, de 2016; e a série Dead Like Me. O MGM pode ser acessado por meio do Prime Video Channels

Para assinar o MGM, o assinante paga R$ 14,90 por mês. Os sete primeiros dias são de graça.

Apple TV+

On The Rocks, novo filme de Sofia Coppola, chegou com exclusividade ao Apple TV+

O Apple TV+ foi lançado há um ano e conta com um ótimo catálogo de produções originais. A série The Morning Show, por exemplo, rendeu à Jennifer Aniston o SAG Awards de Melhor Atriz Em Série Dramática. Outros títulos do streaming também chamam a atenção, como On The Rocks, o novo filme de Sofia Coppola, estrelado por Bill Murray e Rashida Jones; Long Way Up, documentário com Ewan McGregor; e Servant, série de terror de M. Night Shyamalan.

Para assinar o Apple TV+, o assinante paga R$ 9,90 por mês e os sete primeiros dias são de graça. No entanto, na compra de um dispositivo da Apple, ganha um ano de assinatura de graça.

Spotify

Dentre os streamings de música, o Spotify disponibiliza, com exclusividade, o Nerdcast (inclusive, você já ouviu Nerdcast RPG? Vai ouvir!)

Para ouvir músicas, hoje temos diversas opções, como o Spotify, Deezer, Youtube Premium, Apple Music, Google Music, Rdio, Tidal e outros. O preço deles fica entre R$ 14,90 e R$ 20,90.

No caso das plataformas de música, o catálogo em si não muda tanto de um serviço para o outro, deixando o Spotify e o Deezer, por exemplo, muito parecidos. O critério de desempate aqui é a exclusividade de alguns conteúdos (como acontece com os streamings de filmes e séries).

Por causa de alguns podcasts exclusivos, escolhemos o Spotify. Custa R$ 16,90 por mês, com os primeiros trinta dias de graça para experimentar.

Kindle Unlimited

kindle unlimited
O Kindle Unlimited disponibiliza milhares de ebooks aos assinantes

Para quem já adotou os livros digitais, a opção é o Kindle Unlimited, serviço de “streaming de livros da Amazon”, no qual você paga um valor mensal e tem acesso a uma parte grande do catálogo da empresa.

O Kindle Unlimited custa R$ 19,90 mensais. O usuário ganha os trinta primeiros dias para testar (e a Amazon vive realizando promoções).

Vamos às contas…

Chegou a hora dos finalmentes… Vamos lá, recapitulando:

  • Netflix: R$ 21,90
  • HBO GO: R$ 34,90
  • Amazon Prime Video: R$ 9,90
  • Disney+: R$ 27,90
  • MUBI: R$ 27,90
  • Globoplay: R$ 19,90
  • Telecine Play: R$ 37,90
  • Crunchyroll: R$ 25,00
  • Looke: R$ 16,90
  • Odflix: R$ 12,90
  • Darkflix: R$ 9,90
  • Starzplay: R$ 14,90
  • Paramount+: R$ 19,90
  • MGM: R$ 19,90
  • Apple TV+: R$ 9,90
  • Spotify: R$ 16,90
  • Kindle Unlimited: R$ 19,90

Para ter acesso a 100% do conteúdo disponível em streaming, você deveria desembolsar o total de R$ 346,40 mensais e, assim, ser assinante de todas as plataformas.

Por ano, você gastaria R$4156,80, (desconsiderando que podem surgir promoções para quem paga o plano anual).

Vem aí…

Ainda não são todos os streaming que estão disponíveis no Brasil, e alguns deles não há nem previsão de serem lançados por aqui, como o Peacock, plataforma da NBCUniversal; o CBS All Access, da ViacomCBS; e o Hulu, da Walt Disney Company.

Por outro lado, o mercado brasileiro receberá em breve algumas plataformas que estão sendo bastante aguardadas pelo público.

HBO Max

O HBO Max é a plataforma de streaming de conteúdo da WarnerMedia, e incluiu produções originais de HBO, Warner Bros, New Line, DC Entertainment, CNN, TNT, TBS, truTV, The CW, Turner Classic Movies, Cartoon Network, Adult Swim, Crunchyroll, Rooster Teeth e Looney Tunes… ufa!

O serviço chegou aos Estados Unidos em maio deste ano e conta com títulos de peso, como Friends, e também o Snyder Cut de A Liga da Justiça.

No Brasil, ainda não se sabe quando o streaming será lançado, mas ele é esperado no país em 2021.

Pluto TV

O Pluto TV, streaming gratuito da ViacomCBS, trará diferentes canais: Pluto TV Cine Sucessos, Pluto TV Cine Comédia, Pluto TV Cine Drama, Pluto TV Cine Terror, Pluto TV Séries, Pluto TV Retrô, MTV Pluto TV, Pluto TV Anime, Pluto TV Investiga, Pluto TV Natureza, Pluto TV Junior, Nick Jr. Club, Pluto TV Kids, e Nick Clássico.

Logo em sua estreia, estarão disponíveis para os espectadores os seguintes títulos: Babel, Blue Jasmine, Anjos da Noite, O Casamento do Ano, Namorados Para Sempre, Pegando Fogo, Amor Bandido, Obsessão, O Âncora: A Lenda de Ron Burgundy, Expresso do Amanhã, Carga Explosiva 3 e os filmes clássicos de Star Trek.

O Pluto TV utiliza verba publicitária e, assim, se mantém gratuito. A plataforma chega ao Brasil em dezembro de 2020.

Agora, resta saber quem tem todo esse dinheiro para gastar e, principalmente, tempo para assistir, ouvir e ler tanta coisa (eu já sei que EU não tenho).

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1