Plantão dos esports: Astralis vence BLAST Pro Series de CS:GO

Sueco leva Red Bull Player One de League of Legends

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Plantão dos esports: Astralis vence BLAST Pro Series de CS:GO

O final de semana teve competições de CS:GO, o torneio de 1×1 Red Bull Player One e a Superliga de LoL, Overwatch Contenders e o Brasileirão 2019, de Rainbow Six.

Counter-Strike: Global Offensive

Nos dias 14 e 15 de dezembro, tivemos a BLAST Pro Series e seis times foram convidados para participar do torneio — Cloud9, Astralis, FaZe Clan, mibr, Natus Vincere e Ninjas in Pyjamas.

A grande final foi entre a Astralis, campeã da Pro League de CS:GO, contra a Natus Vincere. A Na’Vi saiu na frente no primeiro mapa, Overpass, encerrando-o em 16-7. Porém, a Astralis conseguiu a vitória por 16-9 em Cache e forçou o terceiro mapa. Em Dust II, a Astralis mostrou sua dominância e não deu quase nenhum espaço para a Na’Vi jogar, encerrando a partida em 16-4 e a série em 2-1, conquistando mais um título.

Com a vitória, a Astralis faturou a premiação de US$ 125 mil, o equivalente a R$ 490 mil. A Na’Vi ficou com US$ 50 mil, mais ou menos R$ 196 mil.

A BLAST Pro Series aconteceu nos dias 14 e 15 de dezembro em Lisboa, Portugal.

League of Legends

League of Legends

O final de semana também teve as semifinais da Superliga ABCDE.

A primeira série foi entre INTZ e Vivo Keyd. Os Intrépidos chegaram com tudo e conseguiram três vitórias convincentes, fazendo 3-0 e garantindo a primeira vaga da final.

No domingo (16), a paiN Gaming enfrentou o Santos. O primeiro jogo terminou na mão dos santistas, mas a paiN não deixou barato e conquistou o segundo jogo da série. Embalados pela vitória, os jogadores da paiN mantiveram a empolgação para o terceiro jogo e venceram a partida. Mesmo nessa situação desfavorável, o Santos conseguiu se reerguer e conquistou a quarta partida, forçando o quinto e último jogo.

A última partida da série foi dominada pela paiN, que, mesmo nessa situação de estresse, conseguiu abrir vantagem e mantê-la com a cabeça fria, fazendo um jogo limpo e conquistando a vaga para a final.

A Superliga ABCDE acontece entre os dias 9 de novembro e 23 de dezembro em São Paulo.

plantão dos esports 15 16 dezembro 2018
Foto: Marcelo Maragni/Red Bull Content Pool

Durante a semana também aconteceu o Red Bull Player One, torneio de 1×1 com jogadores de 15 países diferentes: Grécia, Eslovênia, Sérvia, Portugal, Emirados Árabes, Kuwait, Chile, Suécia, Colômbia, Jordânia, Kosovo, México, Peru, Irlanda e Brasil.

Em 2017, o título de campeão ficou com Lucas “Gregio” Vernier, brasileiro que chegou a participar da edição desse ano, mas foi eliminado nas quartas pelo sérvio Nemanja “Nemanj4” Bakic. O outro representante brasileiro era Felipe “BF991” Gonçalves, que divide o nome com um dos jogadores profissionais mais queridos do país, o brTT, que é o atirador do time do Flamengo. Felipe foi eliminado nas oitavas de final por Erik “Ziviz” Laugren, sueco que viria a se tornar o campeão da edição de 2018 do Player One.

Ziviz enfrentou o libanês Houssam “Hidradenitis” Meraachli em uma melhor de cinco na grande final do torneio, e conseguiu a vitória sem perder nenhuma partida sequer, fazendo um belo 3-0 e ficando com o troféu do Player One 2018.

O Red Bull Player One 2018 aconteceu nos dias 13 e 14 de dezembro, em São Paulo.

Overwatch

Enquanto a próxima temporada da Liga Overwatch não começa, continuamos a acompanhar o Overwatch Contenders da América do Sul.

Na quinta (13), a Isurus Gaming venceu a Black Dragons em Busan, Hollywood, Colônia Lunar Horizon e Rota 66, fazendo um 4-0. Depois, a UP enfrentou a LFORG e venceu em três dos quatro mapas disputados — Busan, Hollywood e Hanamura, perdendo apenas em Dorado. Para encerrar o dia de competições, a LFTOWL venceu a Fury em Busan, Numbani, Colônia Lunar Horizon e Dorado.

No sábado (15), a based enfrentou a Predators e venceu nos quatro mapas disputados (Busan, Hollywood, Hanamura e Dorado). A INTZ e a TSN fizeram uma série disputada trocando mapas: a TSN venceu Busan e Hanamura, mas a INTZ conquistou a vitória em Hollywood e Rota 66, forçando assim o quinto mapa, Nepal. Na última partida, a INTZ conseguiu manter o embalo e venceu, encerrando a série em 3-2.

A última partida da semana foi entre a Caverna e a QDG. Os brasileiros da Caverna começaram na frente em Busan, mas foram surpreendidos pela QDG em Hollywood. Depois, porém, a Caverna conseguiu se recuperar e venceu Hanamura e Rota 66, ganhando a série por 3-1.

A terceira temporada da Overwatch Contenders sul-americana começou em 22 de novembro e vai até janeiro de 2019.

Rainbow Six Siege

Tom Clancy’s Rainbow Six: Siege

O Brasileirão 2019 continua, e nesse domingo (16) tivemos o começo do round 5.

A primeira disputa do dia foi entre FaZe Clan e NinjasinPyjamas. Em Oregon, a FaZe se mostrou dominante e não deu muito espaço para a NiP, conquistando a vitória por 7-2. Em Clubhouse, os dois times tiveram um desempenho mais equiparado e terminaram empatados — porém, a vitória da série ficou com a FaZe, por 1-0.

Depois, foi a vez da Liquid enfrentar a paiN Gaming. O primeiro mapa foi Bank, e a Liquid conseguiu impor seu jogo, encerrando-o em 7-4. Em Clubhouse, o resultado foi bem similar: a Lliquid venceu por 7-5 e encerrou a série em 2-0.

plantão dos esports 15 16 dezembro 2018
Foto: Gui Caielli

A final do torneio será presencial e acontecerá em julho de 2019. A FaZe Clan foi a grande campeã da edição de 2018.

Brasileirão Rainbow Six 2019 começou em 30 de setembro de 2018 e vai até 28 de julho de 2019. A competição é transmitida no canal Rainbow Six Esports Brasil na Twitch e no YouTube.