Pixar vai se focar em filmes originais após Toy Story 4, afirma produtor

Com a saída de John Lasseter, empresa passará por mudanças e novos tipos de filmes virão

João Abbade Publicado por João Abbade
Pixar vai se focar em filmes originais após Toy Story 4, afirma produtor

De 2016 pra cá, a Pixar lançou cinco filmes: deles, apenas Viva – A Vida é Uma Festa é uma nova propriedade intelectual; um filme 100% original. Os outros quatro — Procurando Dory, Carros 3, Os Incríveis 2 e Toy Story 4 — são sequências ou derivados de outras obras da própria Pixar. Essa grande quantidade de longas dando continuidade a histórias já estabelecidas surpreendeu fãs do estúdio, que estavam acostumados a esperar longas totalmente originais. Segundo uma declaração recente, a empresa deve retornar para as suas origens, se atendo a obras originais e inéditas, como o futuro lançamento Onward, estrelado por Tom Holland.

A mudança, segundo informações, não será apenas nos tipos de filmes produzidos pela Pixar; a chefia da empresa e as mentes que vão controlar o estúdio também vão passar por alterações. Desde que John Lasseter (Toy Story) foi afastado por denúncias de abuso sexual, a empresa estava sem comando fixo. Foi apenas recentemente que o diretor Pete Docter (Divertida Mente) assumiu o posto de chefe da empresa.

Com isso, o foco do estúdio muda. “Ele quer encontrar novas vozes e criar uma encubadora de desenvolvimento”, afirmou o produtor Mark Nielsen em entrevista ao THR. Nielsen, que esta na empresa desde 2006, ainda confirmou que mais filmes originais vão vir: “Serão apenas filmes originais depois deste [Toy Story 4]”

A sinopse de Toy Story 4 diz que Woody e o resto do grupo viverão novas aventuras junto de Bonnie (a criança que ficou com os brinquedos depois que Andy foi pra faculdade). Na casa da garotinha, eles conhecerão Forky, um brinquedo tímido que é relutante de fazer novas amizades. O longa é dirigido por Josh Cooley (O Primeiro Encontro da Riley).