Piratas do Caribe 5 tinha uma mulher como vilã, mas Johnny Depp exigiu que mudassem isso

Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar estreia em 25 de maio

João Abbade Publicado por João Abbade
Piratas do Caribe 5 tinha uma mulher como vilã, mas Johnny Depp exigiu que mudassem isso

Depois de ser acusado de pagar alguém para ler suas falas por ponto digital nas filmagens, ser processado por agressão a sua ex-mulher Amber Heard, Johnny Depp agora também é acusado de mudar o gênero de uma vilã em Piratas do Caribe 5

O roteirista Terry Rossio fez uma publicação no seu blog para contar como foi ter um de seus roteiros para Piratas do Caribe 6 recusado. Rossio trabalhou nos outros filmes da franquia dos Piratas e escreveu uma versão do quinto filme em 2011, mas a versão que vai ao cinema este mês tem a assinatura de Jeff Nathanson. 

Em um trecho do artigo, Rossio revela que a decisão de rejeitar o roteiro com uma vilã foi dada por Depp, que usou do argumento de que Sombras da Noite já tinha uma vilã.

Minha versão de A Vingança de Salazar foi deixada de lado porque tinha uma vilã e Johnny Depp estava preocupado com isso pois Sombras do Noite já tinha uma vilã mulher. Algumas vezes é assim, apenas uma decisão, de uma só pessoa, pode destruir anos e anos de criação e construção de mundo.

A série Piratas do Caribe já foi bastante criticada por conta da péssima representação feminina. No último filme, por exemplo, há apenas uma mulher, interpretada pela  Kaya Scodelario.

No longa, Jack Sparrow terá de encontrar o Tridente de Poseidon para evitar que o antagonista acabe com todos os piratas do oceano.

Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar estreia em 25 de maio de 2017.