Piores desculpas para não se entregar uma lição de casa!

Ah, a tecnologia! Para quem viveu sua época escolar nos anos 80, e até mesmo boa parte da década de 90, não tinha escolhas com relação à entrega de trabalhos e tarefas escolares, que eram sempre feitos à mão. Quando algo ocorria e a lição não tinha como ser executada, as desculpas eram a última […]

PoLLar Publicado por PoLLar
Piores desculpas para não se entregar uma lição de casa!

Ah, a tecnologia!

Para quem viveu sua época escolar nos anos 80, e até mesmo boa parte da década de 90, não tinha escolhas com relação à entrega de trabalhos e tarefas escolares, que eram sempre feitos à mão. Quando algo ocorria e a lição não tinha como ser executada, as desculpas eram a última esperança de não ter a sua nota indo para a casa do chapéu. Na maioria das vezes, o culpado era sempre o cachorro, companheiro travesso do estudante, e que teimava em mastigar o trabalho, e em alguns casos, até usava o dever de casa como toalete!

Com o fim da década de noventa, os computadores pessoais tomaram de assalto as residências e se tornaram ferramenta na confecção das lições de casa, bem como passaram a dividir com o cachorro, a autoria das maiorias das mazelas estudantis.

De acordo com uma pesquisa britânica, revelada no jornal Telegraph, foram enumeradas as “razões” pelas quais os estudantes não puderam completar suas tarefas. As desculpas mais populares relacionadas à tecnologia para não entrega de um trabalho foram:

  • “Meu computador ‘deu pau’ e eu perdi tudo”.
  • “Eu terminei a minha tarefa, mas aí eu apaguei por acidente”.
  • “Não consegui imprimir o meu trabalho”.
  • “A internet ‘caiu’ e por isso não consegui fazer a minha pesquisa”.
  • “Perdi meu laptop”.

Até aí, nada fora do comum. Agora confira as mais esfarrapadas justificativas que tinham a ver com computadores dadas, segundo a pesquisa:

  • “O computador do meu pai foi hackeado por russos e eles roubaram o meu trabalho”.
  • “Um assaltante roubou o meu trabalho impresso junto com o meu computador”.
  • “O meu PC explodiu quando o meu cachorro (olha ele aí de novo) o usou como ‘banheiro'”.
  • “Eu acidentalmente derrubei cidra no meu computador e quebrei ele”.

Aí, nem o professor mais toupeira, em se tratando de tecnologia, iria engolir uma dessas…


PoLLaR
PoLLaR aconselha: “desculpas simples funcionam melhor”.

.