Oscar 2021 | Documentário sobre Hector Babenco é o indicado do Brasil ao prêmio

Filme dirigido por Bárbara Paz ganhou o prêmio de Melhor Documentário no Festival de Veneza

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Oscar 2021 | Documentário sobre Hector Babenco é o indicado do Brasil ao prêmio

A Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais anunciou nesta quarta-feira (18) o título escolhido para representar o Brasil na categoria de Melhor Filme Internacional no Oscar 2021: Babenco – Alguém Tem Que Ouvir o Coração e Dizer: Parou, dirigido por Bárbara Paz. Esta é a primeira vez que um documentário é escolhido para representar o país na premiação.

A produção sobre o cineasta Hector Babenco teve a sua estreia no Festival Internacional de Cinema de Veneza do ano passado e venceu na categoria de Melhor Documentário.

Babenco morreu em 2016 e, no filme, Paz mostra os medos, ansiedades, memórias e reflexões do diretor com quem era casada.

Nascido na Argentina, mas naturalizado brasileiro, Hector Babenco concorreu ao Oscar pelo filme O Beijo da Mulher Aranha (1985) e foi o responsável pelo longa Carandiru (2003), baseado no livro homônimo de Drauzio Varella, seu amigo de longa data.

Veja o pôster abaixo.

Ao todo, 19 filmes foram inscritos para representar o Brasil na maior premiação do cinema mundial. Agora, Babenco – Alguém Tem Que Ouvir o Coração e Dizer: Parou está na disputa para figurar entre os cincos concorrente finais na categoria de Melhor Filme Internacional.

Babenco – Alguém Tem Que Ouvir o Coração e Dizer: Parou tem estreia marcada para o dia 26 de novembro.

O Oscar 2021 foi adiado em decorrência da pandemia de COVID-19, o novo coronavírus, e acontecerá no dia 25 de abril do próximo ano.

Assista ao trailer de Babenco – Alguém Tem Que Ouvir o Coração e Dizer: Parou abaixo.