Nintendo teve que negar um projeto com Kanye West

Reggie Fils-Aime contou como foi a reunião com o rapper

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Nintendo teve que negar um projeto com Kanye West

Da série “rolê aleatório”, o ex-presidente da Nintendo of America, Reggie Fils-Aime, revelou que teve que negar uma oferta para trabalhar em um jogo junto com o rapper Kanye West.

O próprio Reggie conta a história no podcast Talking Games With Reggie & Harold (via Nintendo Everything). Durante uma E3, West visitou o estande da Nintendo e chegou até a conhecer Shigeru Miyamoto, marcando uma reunião com Reggie para outro dia.

A reunião aconteceu em um dos escritórios do músico, que apresentou um projeto de game que estava desenvolvendo, e revelou seu desejo de trabalhar com a empresa.

Por ter muitos projetos em andamento, Reggie disse que não existia possibilidade de fazer algo com West, e que precisou encontrar um jeito de “negar educadamente”:

Eu disse “Kanye, você não quer trabalhar conosco porque somos difíceis, somos rígidos. Tudo o que fazemos é buscar o melhor conteúdo. Não seríamos o tipo de parceiro que você gostaria de trabalhar.” E ele olhou para mim e disse, “Reggie, você é exatamente o tipo de parceiro que quero por causa disso!”

No fim das contas, o projeto não aconteceu, mas o executivo da Nintendo disse ter deixado a reunião com o sentimento de que West “tem muita paixão por videogames, e é um criador.”

Em 2016, o rapper chegou a divulgar um trailer de um jogo que mostrava sua mãe indo para o céu, chamado de Only One.

Fils-Aime se aposentou em 2019, após 13 anos como presidente da Nintendo of America.