Netflix compra direitos da obra de Roald Dahl, autor de A Fantástica Fábrica de Chocolate

Escritor também é criador de Matilda, Convenção das Bruxas e mais

Gabriel Avila Publicado por Gabriel Avila
Netflix compra direitos da obra de Roald Dahl, autor de A Fantástica Fábrica de Chocolate

A Netflix anunciou nesta quarta-feira (22) a compra da Roald Dahl Story Company, empresa responsável pelas obras do escritor Roald Dahl.

Com isso, o streaming se tornou dono dos direitos de criações do autor, como A Fantástica Fábrica de Chocolate, Matilda, Convenção das Bruxas, O Fantástico Senhor Raposo e James e o Pêssego Gigante.

Segundo a Variety, o streaming planeja um universo baseado nessas obras misturando não apenas filmes e séries, como animações, games, produtos e até peças de teatros. Os planos da plataforma incluem aproximadamente 19 produções. A novidade foi revelada em um comunicado por Luke Kelly, neto de Dahl e diretor-gerente da empresa, e Ted Sarandos, CEO da Netflix:

“Conforme trazemos esses contos atemporais para um público maior em novos formatos, estamos comprometidos em manter seu espírito único e seus temas universais de surpresa e gentileza, enquanto também espalhamos um pouco de magia nova na mistura.”

A RDSC vai funcionar de forma autônoma sob o guarda-chuva da Netflix. Parte dos lucros da compra serão destinados a fundos de caridade para apoiar organizações focadas em auxiliar saúde infantil e combater ódio e racismo. Essa ação foi revelada um ano após a família de Roald Dahl pedir desculpas por declarações antissemitas do autor no passado.

Atualmente estão em desenvolvimento várias produções baseadas na obra do escritor. A própria Netflix está desenvolvendo um novo musical de Matilda e duas séries animadas baseadas em A Fantástica Fábrica de Chocolate com roteiro e direção de Taika Waititi (Thor: Ragnarok). Além disso, a Warner vai lançar um filme sobre a origem de Willy Wonka com Timothée Chalamet (Duna) no papel principal.

Mais notícias