Bom dia, Verônica é a nova série brasileira da Netflix

A produção é baseada no livro homônimo escrito por Raphael Montes e Ilana Casoy e traz Tainá Müllher, Camila Morgado e Eduardo Moscovis no elenco

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Bom dia, Verônica é a nova série brasileira da Netflix

Bom Dia, Verônica (DarkSide Books), romance policial escrito por Raphael Montes e Ilana Casoy, é a nova produção brasileira da Netflix com Tainá Müllher, Camila Morgado e Eduardo Moscovis no elenco.

O suspense acompanha Verônica Torres, vivida por Müller, uma escrivã de uma delegacia de Homicídios de São Paulo, onde vive uma rotina burocrática e atrelada ao sistema. Sua vida inteira muda ao presenciar um suicídio de uma mulher, o que a faz querer ir atrás para investigar a real causa da morte. Durante a mesma semana, Verônica recebe uma ligação de uma pessoa desesperada, clamando por sua vida.

Determinada, Verônica usa toda a sua habilidade investigativa e mergulha nos dois casos: a jovem suicida, enganada por um golpista; e Janete (Camila Morgado), a esposa do policial Brandão (Eduardo Moscovis), um homem dominador e sem escrúpulos.

Completam o elenco Elisa Volpatto, Silvio Guindane, César Melo, Adriano Garib e Antônio Grassi.

O livro homônimo foi escrito sob o pseudônimo Andrea Killmore, mas a revelação sobre os verdadeiros escritores aconteceu este ano, durante a Bienal do Livro do Rio de Janeiro. Raphael Montes e Ilana Casoy, autores de Bom Dia, Verônica, também são responsáveis pelo roteiro de A Menina que Matou Os Pais, longa que retratará o rumoroso caso de Suzane Von Richthofen.

Raphael Montes é um jovem autor conhecido pelos títulos Suicidas, Dias Perfeitos, O Vilarejo, Jantar Secreto e, sua mais nova obra, Uma Mulher No Escuro. Todos os seus livros têm os direitos de adaptação já comprados.

Ilana Casoy é criminóloga e autora de Serial Killer, Louco ou Cruel, O Quinto MandamentoSerial Killer Made in Brazil, A prova é a Testemunha e Casos de Família. Ela também foi consultora para diversas séries criminais, como Dexter.

A adaptação para a série foi sendo feita por Montes, Casoy, Gustavo Bragança, Davi Kolb e Carol Garcia. Na direção geral está José Henrique Fonseca, que também é produtor-executivo da série ao lado de Eduardo Pop, Casoy e dos escritores. A produção é da Zola Filmes.

Bom Dia, Verônica já está sendo gravada no Rio de Janeiro e em São Paulo, e será lançada com exclusividade na Netflix globalmente em 2020.