Neil Gaiman teve medo que Sandman ganhasse adaptações ruins como Howard, o Super-Herói

Autor disse que trabalhou para que o quadrinho não se tornasse uma “piada de mau gosto”

Gabriel Avila Publicado por Gabriel Avila
Neil Gaiman teve medo que Sandman ganhasse adaptações ruins como Howard, o Super-Herói

Mais de 30 anos após o lançamento, a HQ Sandman finalmente vai ganhar uma adaptação em live-action. A vindoura série da Netflix é a realização do sonho de muitos fãs e do próprio autor, que se preocupava que a reputação de sua obra fosse manchada por uma versão ruim.

Em entrevista à Total Film, Neil Gaiman revelou que trabalhou muito para impedir que o quadrinho que escreveu entre 1989 e 1996 fosse transformado em um filme ou série que não fizesse jus à história:

“Não tinha fé de que sempre chegaríamos lá, mas acreditava que o importante era impedir que versões ruins fossem feitas. Uma vez que uma adaptação ruim sai, você meio que nunca se recupera disso.”

Como exemplo, ele citou o filme Howard, o Super-Herói. Lançado em 1986, o longa foi uma infame adaptação dos quadrinhos de Howard, O Pato, que eram os favoritos de Neil Gaiman nos anos 80:

“Pode parecer bobo, mas quando eu tinha 14 ou 15 anos, minha HQ favorita era Howard, O Pato. [Misturavam] Steve Gerber, Gene Colan, Frank Brunner, sátira, loucura, glória… Fiquei muito empolgado quando ouvi que George Lucas [de Star Wars] estava fazendo um filme. Aí então Howard, o Super-Herói saiu e o Howard virou uma piada de mau gosto. Nunca quis que isso acontecesse com Sandman, e li roteiros que conseguiriam.”

A preocupação de Gaiman é justificada, já que Howard, o Super-Herói é lembrado até hoje como uma das adaptações de quadrinhos mais desastrosas de todos os tempos — ao ponto de ser o terceiro filme da Marvel com pior avaliação no Rotten Tomatoes.

Com produção do próprio Gaiman, que ajudou a escrever o roteiro do primeiro episódio, Sandman conta com Tom Sturridge, Boyd Holbrook, David Thewlis e Gwendoline Christie no elenco principal.

A série estreia em 5 de agosto na Netflix.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1