Neil Druckmann explica por que The Last of Us não virou um filme

O desenvolvedor ainda comentou sobre a abordagem da série

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
Neil Druckmann explica por que The Last of Us não virou um filme

Antes da HBO anunciar que estava produzindo uma série de The Last of Us, os rumores envolvendo o jogo da Naughty Dog eram de que sua história seria adaptada em um filme.

No entanto, o projeto não foi para frente e acabou engavetado. Em entrevista para o podcast Script Apart, Neil Druckmann explicou que o filme acabou não dando certo porque a abordagem do projeto era muito voltada a sequências de ação, o que não funcionaria para o formato.

“Quando eu trabalhei na versão em filme, muitos esboços e ideias eram de ‘como fazer essa parte ficar maior?’ e ‘como juntar todas as peças maiores?’. [Ter muitas sequências de ação] não funcionou para The Last of Us e acredito que foi por isso que o filme não foi para frente”, explicou.

Druckmann ainda continuou, reforçando que a série da HBO fará diferente e eliminará as sequências de ação do jogo, uma vez que elas são criadas principalmente para gameplay e não para a história.

Nossa abordagem para The Last of Us foi de ‘vamos fazer um filme indie’. Vamos adaptar o jogo como uma equipe independente faria, colocar essa ideia na maneira em como será gravado, em sua duração e em quão pessoal o projeto é. E com a série podemos fazer justamente isso porque não precisamos das sequências de ação que temos no jogo. Há certas mecânicas para ritmo. Você precisa engajar essas mecânicas de vez em quando, precisa de combate o suficiente para isso. E dá para jogar tudo isso fora [na série de TV] porque estamos em um formato diferente. Então vamos explorar os pontos fortes dessa mídia.

Ainda não há previsão de estreia para a série de The Last of Us.

Mais notícias