NASA confirma que Marte teve milhares de erupções vulcânicas

Cientistas afirmam que eventos podem ter influenciado o clima no planeta

Camila Sousa Publicado por Camila Sousa

Cientistas da NASA encontraram evidências que Marte teve milhares de erupções vulcânicas ao longo de milhões de anos.

De acordo com a agência, esses indícios foram encontrados em uma região norte do planeta, conhecida como Arabia Terra. Anteriormente, acreditava-se que as crateras do local tinham sido formadas pelo impacto de asteroides, mas um grupo de cientistas percebeu em 2013 que as crateras não eram totalmente redondas e tinham alguns sinais de desabamento, com locais muito profundos e bancos de rocha perto das paredes.

Então eles iniciaram um estudo para entender exatamente a origem das crateras e chegaram à conclusão de que elas são resultados de erupções e supererupções vulcânicas que o planeta teve durante um período de 5 milhões de anos.

“Cada uma dessas erupções pode ter causado um impacto climático significativo – talvez o gás liberado tenha tornado a atmosfera mais espessa, ou tenha bloqueado o Sol e tornado a atmosfera mais fria”, afirmou o geologista Patrick Whelley, que conduziu a análise em Arabia Terra.

O estudo também identificou a quantidade de material que foi gerado pelas erupções, baseado no volume de cada caldeira – um buraco gigante que surge no lugar de um vulcão, após uma supererupção. Com esses dados, a equipe foi capaz de identificar que o planeta teve milhares de erupções.

Com estas informações, será possível entender melhor sobre o clima no planeta e as mudanças que ele teve em sua superfície ao longo dos anos.

Mais notícias