Jovem Nerd - Notícias sobre filmes, séries, HQs, games, animes, ciência, tecnologia e humor, porque rir não faz mal a ninguém!

NASA Avisa: Não, o mundo não vai acabar sexta-feira!

A NASA divulgou um vídeo essa semana para explicar, ou até mesmo tranquilizar aqueles que acham mesmo que o mundo vai acabar na sexta-feira dia 21 de dezembro de 2012. Entre os vários esclarecimentos que a NASA faz, está principalmente o mito de que o calendário Maia acaba nessa data e que isso significaria o […]

Mauricio Faccio Publicado por Mauricio Faccio
NASA Avisa: Não, o mundo não vai acabar sexta-feira!

A NASA divulgou um vídeo essa semana para explicar, ou até mesmo tranquilizar aqueles que acham mesmo que o mundo vai acabar na sexta-feira dia 21 de dezembro de 2012. Entre os vários esclarecimentos que a NASA faz, está principalmente o mito de que o calendário Maia acaba nessa data e que isso significaria o fim do mundo, quando na verdade a história não é bem assim.

O calendário Maia é composto de vários elementos e é considerado uma das formas de medição de tempo mais complexas do mundo. Tentando simplificar ao máximo como ele funciona a NASA comparou o calendário Maia com um odômetro de um carro. Assim, imagine que no seu carro o odômetro está marcando 999.999 quilómetros rodados, o que você acha que acontecerá quando você dirigir por mais 1 metro, o carro vai parar de funcionar? Claro que não, odômetro vai simplesmente voltar todos o dígitos para zero.

É mais ou menos assim que o calendário Maia funciona, ele está simplesmente chegando a sua marca máxima e quando isso acontece ele é “resetado” e a contagem começa de novo. Estudiosos entrevistados revelam que não há nada encontrado nas ruínas Maias até hoje, que indique uma profecia para o fim do mundo.

A NASA também disse que nenhum meteoro está em rota de colisão com a Terra, que não existe nenhum PLANETA está em rota de colisão com a Terra (sim, umas das teorias do fim do mundo é essa) e que a atividade do sol é normal e segue os mesmos padrões de 30 anos atrás.


Mau Mau: Não devia ter gastado tanto no cartão de crédito…

.

Mais notícias