“Não precisamos lançar esses jogos em outras plataformas”, diz Phil Spencer sobre Bethesda

Chefe da divisão do Xbox comenta sobre possível exclusividade dos títulos da empresa

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia

A compra da Bethesda pela Microsoft ainda está dando o que falar, causando dúvidas entre os jogadores: afinal, os jogos da empresa vão se tornar exclusivos ou não?

Muitos acreditavam que, por ter sido uma transação de US$ 7,5 bilhões, os títulos ainda seriam lançados nas plataformas da PlayStation para que a Microsoft recuperasse o valor gasto. Mas parece que esse não é o caso.

Em entrevista para o Kotaku, Phil Spencer, chefe de divisão do Xbox, explicou que, na verdade, eles não precisam lançar os jogos da Bethesda em outras plataformas — mas que não querem limitar o acesso dos jogadores aos títulos.

O negócio [da compra da Bethesda] não foi feito com o intuito de arrancar jogos de uma base de jogadores. Nós queremos que mais pessoas possam jogar videogames, não menos. Pensando em nosso modelo, muitos vão poder jogar em diversos dispositivos diferentes que oferecemos, como xCloud, PC, Game Pass, console base. Não precisamos lançar esses jogos em outras plataformas que não sejam nossas para fazer com que o negócio funcione para nós.

A Microsoft anunciou a compra da Bethesda Softworks no final de setembro — saiba mais aqui.