Monolito misterioso da Califórnia é destruído

Grupo de jovens viajou por cinco horas para depredar o obelisco

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Monolito misterioso da Califórnia é destruído

Um grupo de jovens destruiu o monolito que apareceu na Califórnia, substituindo-o por uma cruz de madeira.

O misterioso monumento havia sido encontrado ontem (3), no topo de uma montanha em Atascadero. A aparição aconteceu depois de uma estrutura similar ser avistada em Utah, também nos EUA, e na Romênia — relembre aqui.

Conforme relatado pela Tribuna de San Luis Obispo, quatro homens saíram da parte sul da Califórnia e viajaram por cerca de 800 quilômetros para depredar o monumento misterioso. O grupo fez uma transmissão ao vivo enquanto viajavam até o local e cometiam o ato de vandalismo.

Durante o vídeo, os rapazes afirmam que suas ações são para demonstrar amor a Jesus Cristo, além de usarem discurso homofóbico e racista.

Após chamarem o monolito de “obelisco alien” e “monumento pagão”, o grupo entoou um cântico de “Cristo é rei” enquanto o destruíam, tentando colocar uma cruz de madeira em seu lugar.

Tudo isso foi documentado na transmissão ao vivo, mas no momento desta publicação, o vídeo foi apagado. É possível ver algumas capturas de tela no site da Tribuna de San Luis Obispo, clicando aqui.

O monolito da Califórnia foi o terceiro a aparecer no mundo — anteriormente, a construção havia sido avistada em Utah, nos EUA, e também na Romênia.

O monolito, muito parecido com o do filme 2001: Uma Odisseia no Espaço (1968), viralizou na internet, principalmente por estarmos em um ano tão peculiar como o de 2020. O objeto metálico tem mais de 3 metros, uma superfície lisa e, no caso de Utah, estava fincado no solo, indicando que alguém o colocou lá (e não o jogou, por acaso).