Mike Colter, o Luke Cage, pede a volta de James Gunn como diretor de Guardiões da Galáxia

"Você merece um novo começo", falou Colter em defesa a volta de James Gunn

João Abbade Publicado por João Abbade
Mike Colter, o Luke Cage, pede a volta de James Gunn como diretor de Guardiões da Galáxia

O número de artistas apoiando a volta de James Gunn para a direção de Guardiões da Galáxia Vol. 3 não para de crescer. O novo ator defendendo Gunn é Mike Colter, o protagonista da série do Luke Cage, na Netflix.

Colter acha que a Disney vai voltar a ter laços com o diretor para trazê-lo de volta ao terceiro filme. “Vamos cruzar os dedos”, diz ele em uma publicação no Twitter. Para o ator, Gunn merece um recomeço, uma nova chance como diretor e como pessoa.

Confira a publicação:

https://twitter.com/realmikecolter/status/1024538136884330496

“Oi James. Eu acho que eles vão reinstalar você. Vamos cruzar os dedos. Eu não acho que esses comentários super antigos devam servir como base para sua demissão. Todo mundo está vendo o que aconteceu. Você merece um novo começo. Eu sou um pouco parcial porque você faz ótimos filmes.

Informações internas da Disney dizem que a empresa está analisando a possibilidade de recontratar Gunn após os pedidos de fãs e artistas da indústria do entretenimento. Entretanto, o chefe da Disney, Bob Iger, está de férias no momento e nenhuma decisão deve ser feita até ele voltar ao trabalho,

A controvérsia envolvendo o diretor começou após dez mil tweets antigos serem revividos — na maioria deles, o diretor fazia piadas com temas como estupro, pedofilia e AIDS.

A recente demissão está dando o que falar e dividindo os fãs da franquia Guardiões da Galáxia. Muitos dão razão à decisão da Disney de cortar relações após as postagens ofensivas, mas outros defendem que a demissão deveria ser repensada pois os tweets foram escritos há exatamente uma década.

James Gunn demitido
James Gunn na première de Guardiões da Galáxia

Alguns atores de Hollywood e fãs ficaram revoltados ao descobrirem que foram membros da extrema-direita (os chamados Alt-Rights), que caçaram tweets antigos e ofensivos do diretor. De acordo com o Deadline e com o canal Fox News, estes membros queriam desbancar Gunn por ele ser um crítico ferrenho do governo Trump.

Um grupo de fãs que está a favor de Gunn criou uma petição no Change.org para o diretor ser recontratado e assumir o terceiro longa dos Guardiões.

Guardiões da Galáxia Vol. 3 estreia em algum momento de 2020. As filmagens acontecem logo nos primeiros meses de 2019. Não temos nenhum detalhe a despeito da temática ou da história do terceiro filme. Um novo diretor não foi anunciado e não sabemos se o roteiro de Gunn será utilizado após as polêmicas.