Microsoft anuncia compra da Bethesda Softworks, responsável por Fallout e Elder Scrolls

Arkane, id Software e outros estúdios também fazem parte da compra

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Microsoft anuncia compra da Bethesda Softworks, responsável por Fallout e Elder Scrolls

A Microsoft anunciou na segunda-feira (21) que chegou a um acordo para comprar a ZeniMax Media, dona da Bethesda Softworks.

Com a aquisição, as desenvolvedoras Arkane, id Software, MachineGames, Tango Gameworks, Alpha Dog e Roundhouse Studios também passam a fazer parte do Microsoft Studios, assim como a Bethesda Game Studios e ZeniMax Online Studios. A Bethesda é conhecida por franquias como Fallout, Dishonored, Wolfenstein, Quake e The Elder Scrolls, entre outras.

O anúncio também revelou que as franquias da Bethesda passarão a fazer parte do catálogo do Xbox Game Pass, mas não especificou quando isso acontecerá.

Phil Spencer, chefe da divisão de Xbox, afirmou em comunicado oficial no blog do Xbox que está “empolgado em ver o planejamento com os futuros jogos da Bethesda, com alguns anunciados e vários não revelados”, e confirmou o lançamento de Starfield, game espacial anunciado com um vídeo curto durante a E3 2018, no Xbox e no PC.

O Bloomberg reportou que a transação foi de US$ 7,5 bilhões, tornando-se a maior compra da história dos videogames.

Mesmo com a compra, os títulos Ghostwire: Tokyo e Deathloop vão continuar sendo temporariamente exclusivos dos consoles da Sony, como já estava acordado antes dos estúdios responsáveis serem adquiridos pela Microsoft. Estima-se que a transação será completada na segunda metade do ano fiscal de 2021, ou seja, até 30 de junho de 2021.

Pete Hines, vice-presidente sênior de marketing e comunicação global da Bethesda, afirma em comunicado oficial que a empresa não vai mudar:

[…] Ainda somos a Bethesda. Ainda estamos trabalhando nos mesmos jogos de ontem, feitos pelos mesmos estúdios que trabalhamos por anos, e esses jogos serão publicados por nós.

Anteriormente, a Microsoft afirmou que os estúdios da empresa podem até fazer jogos para outras plataformas que não o Xbox (e PC), desde que faça sentido para a franquia — saiba mais. O comunicado oficial não aborda o tema de exclusividade de títulos.

A Microsoft revelou recentemente o preço e data de lançamento de sua nova linha de consoles Xbox Series, nas versões X e S. Veja quais são as diferenças entre os modelos clicando aqui.