Meteorito de 2 bilhões de anos revela água em Marte!

Um dos principais objetivos de todas as pesquisas já feitas em relação à Marte era a tentativa de encontrar água ou sinal de que já existiu água no Planeta Vermelho. Mas até então, algumas das únicas provas eram cânions de possíveis rios já secos. Até agora. No ano passado, um meteorito caiu no Marrocos. O […]

Stephan Martins Publicado por Stephan Martins
Meteorito de 2 bilhões de anos revela água em Marte!

Um dos principais objetivos de todas as pesquisas já feitas em relação à Marte era a tentativa de encontrar água ou sinal de que já existiu água no Planeta Vermelho. Mas até então, algumas das únicas provas eram cânions de possíveis rios já secos. Até agora.

No ano passado, um meteorito caiu no Marrocos. O colecionador de meteoritos Jay Piatek coletou a pedra, com menos de meio quilo, e a repassou para pesquisadores da Universidade do Novo México. Estes pesquisadores, por sua vez, encontraram uma boa surpresa.

O meteorito, de 2.1 bilhões de anos, da época Amazona de Marte (a mais antiga, da qual até então não tínhamos material algum), não combinava com nenhum dos outros meteoritos estudados do planeta. Mas quando eles compararam os dados com amostras de solo e pedras obtidas pela Curiosity (e outras sondas marcianas recentes), eles perceberam que, em vez de se originar do manto do planeta (como os outros), o novo meteorito veio da crosta de Marte.

Ao analisar ainda mais, eles descobriram uma enorme quantidade de moléculas de água presa em sua estrutura cristalina. Amostras de água já foram encontradas em outros meteoritos, mas dessa vez, eles encontraram pelo menos 10 vezes mais água do que qualquer outro meteorito estudado.

E agora com uma pedra da crosta de Marte, os estudos podem nos revelar muito mais sobre a sua geologia. É a primeira vez que encontramos este tipo de material em Marte, e os pesquisadores acreditam que, geoquimicamente, o meteorito aguarda ainda mais surpresas.

Ainda no assunto, o artista digital Kevin Gill imaginou como seria o Planeta Vermelho se ele fosse Terraformado, e fez isso através de duas imagens — uma de cada hemisfério:

Via Smithsonian e The Daily What


Stephan Martins
Stephan Martins está jogando Endless Space sem parar e já está construindo uma nave para colonizar Marte.

.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1