Jovem Nerd - Notícias sobre filmes, séries, HQs, games, animes, ciência, tecnologia e humor, porque rir não faz mal a ninguém!

Meta e NVIDIA se juntam para construir supercomputador de pesquisa de IA

O Research SuperCluster servirá para impulsionar o metaverso e a aprimorar a inteligência artificial de serviços

Vítor Heringer Publicado por Vítor Heringer
Meta e NVIDIA se juntam para construir supercomputador de pesquisa de IA

A Meta Plataforms, dona do Facebook, anunciou uma parceria com a NVIDIA para construir um supercomputador de pesquisa de IA, o Research SuperCluster (RSC). Segundo a empresa, quando estiver com total funcionamento, a máquina será a mais rápida do mundo.

Um dos objetivos da companhia, como já revelado anteriormente, é poder expandir o metaverso. A Meta acredita que o RSC será fundamental para impulsionar o mundo virtual e a inteligência artificial.

“Esperamos que essa mudança de função de etapa na capacidade de computação nos permita não apenas criar modelos de IA mais precisos para nossos serviços existentes, mas também permitir experiências de usuário completamente novas, especialmente no metaverso. Nossos investimentos de longo prazo em aprendizado autossupervisionado e na construção de infraestrutura de IA de última geração com RSC estão nos ajudando a criar as tecnologias fundamentais que impulsionarão o metaverso e promoverão também a comunidade de IA mais ampla.”

Além disso, a empresa  destaca que o supercomputador poderá ajudar na construção de sistemas de traduções de voz em tempo real para grandes grupos de pessoas.

“Esperamos que o RSC nos ajude a construir sistemas de IA totalmente novos que possam, por exemplo, fornecer traduções de voz em tempo real para grandes grupos de pessoas, cada uma falando em um idioma diferente, para que possam colaborar perfeitamente em um projeto de pesquisa ou jogar um game de realidade aumentada juntos.”

O Research SuperCluster utiliza 760 sistemas NVIDIA DGX A100 como seus nós de computação e 6.080 GPUs NVIDIA A100 conectadas em uma rede de 200Gb/s para fornecer 1.895 petaflops de desempenho TF32.

Atualmente, o RSC já está funcionando, mas o seu desenvolvimento ainda não está completo. Em sua versão final as GPUs passarão para 16 mil.

Mais notícias