Irmãs Wachowskis estão trabalhando em novo Matrix, afirma diretor de John Wick

Chad Stahelski despontou como coordenador de dublês nos filmes de Matrix

João Abbade Publicado por João Abbade
Irmãs Wachowskis estão trabalhando em novo Matrix, afirma diretor de John Wick

Há anos circulam rumores sobre a produção de um novo Matrix pelos bastidores de Hollywood. A própria Warner Bros. já demonstrou interesse em revitalizar a franquia com novos filmes, mas o envolvimento das criadoras da obra original, as irmãs Lilly e Lana Wachowki, sempre foi uma dúvida e por vezes foram citadas como fora dessa nova fase da franquia. Bem, de acordo com o diretor de John Wick 3 e amigo das cineastas, Chad Stahelski, ambas vão retornar para um quarto filme de Matrix; só não sabemos se o retorno será como diretoras, roteiristas ou apenas produtoras. “Estou super feliz que as Wachowski não estão apenas fazendo o novo Matrix, mas estão expandindo o que todos nós amamos”, disse Stahelski em entrevista ao Yahoo Movies UK. “Se o novo filme estiver perto do nível do que elas já fizeram, não vai ser preciso mais do que uma ligação para eu voltar a trabalhar com elas: ‘Ei, queremos que você seja um dublê’ e eu imediatamente já vou estar sendo atropelado por um carro”, brincou o cineasta que começou sua carreira como coordenador de dublês em filmes das Wachowski.

Stahelski, no entanto, não sabe se a dupla dirigirá o quarto filme, mas o envolvimento de ambas é dado como certo pelo diretor próximo das duas.

Se as duas irmãs, de fato, retornarem para Matrix não haverá um empecilho em trazer de volta o astro da franquia. Keanu Reeves já estaria de malas prontas para gravar o novo filme das irmãs: “Seria um presente. Jamais diria não para algo assim”, conta ele.

O primeiro Matrix foi lançado em 1999 e mostrava a história de Neo (Keanu Reeves), um programador que acaba descobrindo que o mundo em que vivemos não passa de uma simulação computadorizada e que a Terra, na verdade, passou a ser controlada por máquinas. Duas sequências foram lançadas, em 2002 e 2003, respectivamente.