Marte pode ter sido coberto por gelo e não por rios, sugere estudo

Novo estudo acaba de ser publicado

Marina Val Publicado por Marina Val
Marte pode ter sido coberto por gelo e não por rios, sugere estudo

Há muitos anos já se sabe que algumas regiões de Marte são marcada por redes de vales e a hipótese mais aceita até o momento era de que rios teriam esculpido a superfície do planeta vermelho.

Agora, um novo estudo publicado na Nature Geoscience sugere que a maioria desses vales podem ter sido criados por gelo derretendo e não por água corrente.

Segundo a pesquisadora Anna Grau Galofre, uma das responsáveis pelo artigo:

Nos últimos 40 anos, desde que os vales de Marte foram descobertos pela primeira vez, a suposição era de que rios algum dia fluíram em Marte, e todos eles são bem diferentes uns dos outros. Se você olha para a Terra de um satélite, você vê muitos vales: Alguns deles feitos por rios, outros por geleiras e outros por outros processos, e cada um tem um formato distinto. Marte é similar, os vales parecem muito diferentes uns dos outros, o que sugere que muitos processos influenciaram para os esculpir.

Os cientistas analisaram mais de 10 mil imagens dos vales de Marte e compararam fotos dos vales do arquipélago Ártico Canadense. Confira abaixo:

Esquerda: Maumee Valles em Marte; direita: Ilha de Devon no Canadá

Essa nova hipótese não elimina completamente a possibilidade de já ter existido alguma forma de vida em Marte.

Segundo os pesquisadores, uma superfície de gelo poderia dar mais estabilidade para a água abaixo, assim como fornecer proteção da radiação solar na ausência de um campo magnético. Assim, as bolsas de água embaixo das geleiras poderiam ter abrigado algum tipo de forma de vida.